Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

GE promete criar 1.000 postos de trabalho no negócio com a Alstom

É a mais recente prova das boas intenções da GE no negócio, quando uma nova proposta da rival Siemens pode estar a caminho. França tem até 23 de Junho para decidir.

Reuters
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 28 de Maio de 2014 às 12:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A General Electric melhorou a sua proposta para comprar a unidade de energia da Alstom: a americana comprometeu-se a criar mais 1.000 postos de trabalho em França, no período de três anos, segunda avança a Reuters esta quarta-feira, 28 de Maio.

 

O compromisso foi feito pelo próprio CEO da GE, Jeff Immelt, na reunião que teve com François Hollande. O próprio Presidente francês já se tinha mostrado reticente quanto à proposta de 12,4 mil milhões de euros feita pela GE mas, esta quarta-feira, o seu gabinete esclareceu que a oferta foi "detalhada, melhorada e reforçada", cita a Reuters.

 

É a mais recente prova de boas intenções da GE no negócio, após a reserva do Executivo francês pela eventual perda de soberania em "sectores estratégicos". O receio levou inclusive ao alargamento de legislação que permite o poder de veto do Governo em aquisições estrangeiras realizadas no país.

 

A GE respondeu sempre de modo a conquistar a confiança da equipa liderada por Manuel Valls, ao comprometer-se a manter as unidades da Alstom em França e arrancar conversações com várias companhias nacionais, procurando estabelecer parcerias.

 

Falta agora a proposta da Siemens para que o Governo francês possa decidir quem ficará com a unidade de energia da Alstom. A alemã informou na terça-feira, 27 de Maio, que espera apresentar uma nova oferta até 16 de Junho. França tem até ao dia 23 do próximo mês para decidir.

Ver comentários
Saber mais General Electrics França Reuters GE Jeff Immelt François Hollande Governo Manuel Valls Siemens economia negócios e finanças política
Outras Notícias