Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo estende horário de supermercados de Lisboa até às 22h

O Conselho de Ministros desta quinta-feira aprovou a medida que prevê o encerramento dos estabelecimentos comerciais até às 20h na Área Metropolitana de Lisboa, mas abriu exceções para supermercados, farmácias e outros serviços.

A carregar o vídeo ...
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 25 de Junho de 2020 às 17:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Após ter dado indicações, na passada terça-feira, para o encerramento de todos os estabelecimentos comerciais e serviços da Área Metropolitana de Lisboa (AML) até às 20h, o Governo decidiu abrir algumas exceções. 

No Conselho de Ministros desta quinta-feira, ficou decidido que os super e hipermercados poderão estar abertos até às 22 horas, de acordo com o documento apresentado pelo primeiro-ministro, António Costa. No entanto, estas superfícies não poderão vender bebidas alcoólicas depois das 20h.


As exceções ao encerramento às 20h estendem-se ainda à restauração para serviço de refeições e take-away, ao abastecimento de combustíveis, a clínicas, consultórios e veterinários, a farmácias, funerárias e equipamentos desportivos, para os quais não é especificada a hora limite de encerramento. 

Está ainda interdita a venda de álcool nas estações de serviço a qualquer hora do dia, acrescentou António Costa na conferência de imprensa que seguiu o Conselho de Ministros. Na AML, onde vigorará o estado de contingência durante os próximos 15 dias, os ajuntamentos ficam ainda limitados a 10 pessoas. 

O prolongamento do horário dos supermercados além das 20 horas foi uma reivindicação feita pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) e pela Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC), que alertaram o Governo para o risco de concentração de pessoas nestes espaços nas horas que antecedem o encerramento. As associações relembraram ainda que durante o estado de emergência não havia restrições aos horários do retalho alimentar. 

Na passada terça-feira, em Conselho de Ministros eletrónico, o Governo definiu o encerramento obrigatório às 20h de todos "os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços, bem como os que se encontrem em conjuntos comerciais", na Área Metropolitana de Lisboa. Aos estabelecimentos autorizados a funcionar 24 horas por dia foi dada a possibilidade de reabrirem às 6 horas. 

Ver comentários
Saber mais Conselho de Ministros Área Metropolitana supermercados
Mais lidas
Outras Notícias