Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros do Banco Popular crescem 9,1%

Os resultado líquidos do Banco Popular Español, terceiro maior banco espanhol, aumentaram 9,1% no primeiro trimestre, ajudados por um aumento nas comissões e pelos lucros com os empréstimos dos pequenos negócios.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 21 de Abril de 2004 às 09:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os resultado líquidos do Banco Popular Español, terceiro maior banco espanhol, aumentaram 9,1% no primeiro trimestre, ajudados por um aumento nas comissões e pelos lucros com os empréstimos dos pequenos negócios.

Os resultados líquidos do banco que controla o português Banco Nacional de Crédito Imobiliário (BNC) ascenderam aos 180,6 milhões de euros, ou 79 cêntimos por acção, contra os 165,5 milhões de euros, ou 76 cêntimos por acção do mesmo período do ano anterior, informou o banco em comunicado citado pela Bloomberg.

As comissões provenientes da gestão de fundos de investimento e outros serviços aumentaram 9,2%, ultrapassando o ganho total de 6,1% durante 2003. Os lucros dos empréstimos subiram 11%.

Os vice-presidentes do Banco Popular Español, Javier Valls e Luis Valls, estão a retirar clientes aos bancos rivais e a apressar as vendas de fundos mútuos e de empréstimos dos negócios pequenos para proteger o crescimento de lucros.

O Banco Popular e o Sabadell estão a beneficiar de gastos em produtos financeiros, procura esta que irá acelerar para um crescimento de 5% em 2004, depois de um ganho de 2,3% no ano passado, disse o governo daquele país.

O Banco Sabadel disse ontem que obteve lucros de 81,5 milhões de euros no primeiro trimestre, aumentando 19% face a igual período de 2003, ajudado por uma aquisição.

Os lucros do Banco Popular também foram ajudados pela aquisição do banco português. Excluindo os efeitos da aquisição do BNC, os lucros do terceiro maior banco espanhol teriam subido 5,9%.

As acções do banco espanhol seguiam a cair 1,64% para os 47,34 euros.

Mais lidas
Outras Notícias