Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“No dia 7 de Agosto nada será como dantes” no BCP

“No dia 7 de Agosto nada será como dantes” no BCP Paulo Teixeira Pinto diz que no dia 7 de Agosto nada será como dantes. O CEO quer que a AG clarifique a situação no banco e que todos devem retirar as ilações das votações dos accionistas da AG de 6 de Ag

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 01 de Agosto de 2007 às 22:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Paulo Teixeira Pinto diz que no dia 7 de Agosto nada será como dantes. O CEO quer que a AG clarifique a situação no banco e que todos devem retirar as ilações das votações dos accionistas da AG de 6 de Agosto.

A AG vai ser decisiva para o futuro do banco. Segundo Paulo Teixeira Pinto esta AG "não era desejável, mas pode ser útil", disse, numa entrevista à SIC Notícias.

Quando questionado sobre a afirmação de Jardim Gonçalves quando diz que "faria tudo para que não houvesse AG", Paulo Teixeira Pinto não concorda, "porque entendo que à administração de um banco não compete dar recomendações aos accionistas ou fazer o que quer que seja para evitar AG".

O responsável sublinha que a situação criada que dará origem à AG de 6 de Agosto é "a primeira vez que acontece no banco, porque todas as AG foram por iniciativa do próprio conselho de administração ou por cumprimento de um normativo (...) esta pela primeira vez surge a pedido dos accionistas".

Paulo Teixeira Pinto diz apenas que faz um apelo para que os accionistas "possam reponderar as propostas que estão a ser feitas, caso seja possível um entendimento".

Ver comentários
Outras Notícias