Empresas Oi já tem licenças de quarta geração móvel no Brasil

Oi já tem licenças de quarta geração móvel no Brasil

A Vivo ganhou o lote mais cobiçado no leilão de quarta geração móvel que decorreu hoje no Brasil. A Oi perdeu esse lance, mas conquistou um lote que lhe custou 129 milhões de euros.
Alexandra Machado 12 de junho de 2012 às 20:12
A Vivo, da Telefónica, e a Claro, de Carlos Slim, garantiram hoje as frequências mais cobiçadas no leilão para a quarta geração móvel no Brasil.

A Oi avançou com 331 milhões de reais (129 milhões de euros) para ficar com o quarto lote, 5% acima do preço mínimo de licitação neste lote. A Oi fica responsável pela banda larga rural do Centro Oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal).

O leilão, ao todo, rendeu até ao momento ao Estado brasileiro 2,56 mil milhões de reais (cerca de mil milhões de euros). A Vivo foi a que mais teve de desembolsar, gastando 1,050 mil milhões de reais (410,6 milhões de euros) para vencer o lote mais cobiçado.

O terceiro lote, que foi ganho pela Vivo, foi o mais disputado, segundo a imprensa brasileira. A Oi chegou a oferecer mil milhões de reais por esse mesmo lote.

Neste lote, além da cobertura nacional, a Vivo tem de fornecer internet de banda larga em áreas rurais no interior de São Paulo, Minas Gerais, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

No segundo lote a vencedora foi a Claro que pagou 844,52 milhões de reais. A TIM garantiu uma subfaixa do quarto lote, pagando 340 milhões de reais.

A Oi é, dos quatro maiores operadores, quem menos terá de desembolsar. A Oi tem a participação accionista da Portugal Telecom.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI