Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas em centros comerciais recuperam, mas continuam com quebras de 19,7%

As vendas dos centros comerciais caíram 19,7% em setembro, o que representa uma recuperação face a agosto.

As lojas dos centros comerciais estão isentas do pagamento de rendas fixas até ao fim do ano.
Miguel Baltazar
Lusa 16 de Outubro de 2020 às 13:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As vendas dos 93 centros representados pela Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) caíram 19,7% em setembro (em termos homólogos), mas apresentam uma recuperação face a agosto (quebra de 24,9%).

"Esta diminuição de vendas em setembro [-19,7%] segue-se a uma quebra de 24,9% verificada em agosto, o que confirma que, apesar de se manterem abaixo das verificadas no ano passado, as vendas têm vindo a recuperar nas 8.600 lojas presentes nos centros comerciais representados pela APCC", divulgou hoje a associação, em comunicado.

Segundo o presidente da APCC, António Matos tem-se observado uma tendência de recuperação das vendas nos centros comerciais, comprovada pelos resultados verificados nos meses de agosto e setembro."Com a aproximação do período de Natal, tradicionalmente sinónimo de aumento de vendas, acreditamos que esta recuperação se irá acentuar", aponta Matos.

O responsável sublinha, ainda, que os números registados comparam com os de 2019, "ano em que as vendas tiveram uma performance muito positiva".

As lojas dos centros comerciais reabriram no dia 1 de junho, com novas condições de funcionamento, depois de várias semanas fechadas, por decreto do Governo, como uma das medidas para combater a propagação da pandemia do novo coronavírus, à exceção dos 'shoppings' da Área Metropolitana de Lisboa (AML), que reabriram apenas a 15 de junho.
Ver comentários
Saber mais Associação Portuguesa de Centros Comerciais APCC António Matos
Mais lidas
Outras Notícias