Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Yakazi de Ovar recupera encomendas e reajusta plano de produção

A Yazaki Saltano, que tem uma fábrica de componentes para automóveis em Ovar, decidiu rever em baixa a redução que tinha prevista no tempo de trabalho para parte dos seus empregados. Dos 791 colaboradores englobados neste processo, 232 já viram reduzido o período de seis meses inicialmente previsto, informou a Yazaki em comunicado.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 29 de Maio de 2009 às 12:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Yazaki Saltano, que tem uma fábrica de componentes para automóveis em Ovar, decidiu rever em baixa a redução que tinha prevista no tempo de trabalho para parte dos seus empregados. Dos 791 colaboradores englobados neste processo, 232 já viram reduzido o período de seis meses inicialmente previsto, informou a Yazaki em comunicado.

Accionada em Abril, esta redução do tempo de trabalho durará até Setembro para a maioria dos trabalhadores envolvidos. “A decisão de rever e antecipar este período foi tomada para responder ao ligeiro aumento das encomendas dos clientes em geral. O facto de algumas fábricas de automóvel a nível internacional terem estado completamente paradas e agora estarem a retomar actividade, também pesa nesta medida”, explica a Yazaki.

A revisão em baixa das interrupções foi feita nas áreas de injecção e moldes, de fio eléctrico e de fibra óptica. Na divisão de cablagens mantém-se o horário reduzido conforme previsto. Nesta área as quebras de encomendas são de 70%.

A Yazaki Saltano de Ovar, empresa de origem japonesa, conta com 1.340 colaboradores e produz cablagens, fio eléctrico, conectores plásticos, componentes de fibra óptica, caixas de fusíveis e painéis de instrumentos. O grupo tem vindo a concentrar todas as actividades em Ovar. O Porto Technical Center (PTC), responsável pela investigação e desenvolvimento (I&D) das cablagens das 15 fábricas da Yazaki Europa, não está envolvido nesta redução de tempos de trabalho.

Ver comentários
Outras Notícias