Energia Resultados da Galp Energia foram "robustos". Acções sobem 1%

Resultados da Galp Energia foram "robustos". Acções sobem 1%

Os resultados apresentados esta segunda-feira pela petrolífera portuguesa ficaram acima do esperado pelos analistas.
Resultados da Galp Energia foram "robustos". Acções sobem 1%
Pedro Elias
Rui Barroso 08 de fevereiro de 2016 às 09:11

A Galp Energia apresentou um conjunto de resultados que superou as estimativas. Foram números "robustos, suportados por uma boa 'performance' da área de refinação", dizem os analistas. Em bolsa, os investidores levam as acções a valorizar 1%.

A petrolífera conseguiu um resultado líquido, excluindo eventos não recorrentes e efeito "stock" de 149 milhões de euros nos últimos três meses de 2015, o que levou o resultado anual a atingir 639 milhões de euros. No quarto trimestre de 2014 a empresam tinha conseguido um lucro de 137 milhões, terminando esse ano com um resultado líquido de 373 milhões de euros.

"Em termos anuais, a Galp Energia registou um conjunto de resultados robustos suportados por uma boa performance da área de refinação", dizem os analistas do CaixaBI. Os números revelados pela petrolífera portuguesa também ficaram acima do estimado pelos analistas do BPI.

Apesar de uma redução do lucro antes de juros e impostos, "isso foi compensado pelas despesas financeiras mais baixas", explicam os analistas do BPI. Esse foi um dos factores que levaram o lucro líquido no quarto trimestre a ficar 17% acima das estimativas do BPI e 20% acima do consenso do mercado.

Após a apresentação de resultados, a empresa irá ter uma conferência com analistas. O foco deverá estar "nas perspectivas para a produção no Brasil em 2016", segundo os analistas da Haitong. Os analistas do BPI contam que a Galp Energia dê [em breve] mais detalhes sobre as perspectivas para a produção no Brasil.

E apontam o dia 15 de Março, em que ocorrerá o "capital markets day" da empresa, como a altura em que a Galp Energia poderá anunciar alterações aos planos de investimento e à política de dividendos para se ajustar aos baixos preços do petróleo.

As acções da Galp Energia estão a reagir positivamente aos resultados. Numa sessão que está a ser de altos e baixos nas bolsas, mas de subida nas cotações do petróleo, os títulos da empresa liderada por Carlos Gomes da Silva sobem 1,14% para 11,075 euros. 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI