Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desconfinamento em abril provocou uma subida de 112% no consumo de gasolina em Portugal

O consumo de gasolina mais do que duplicou em abril deste ano, à medida que as restrições à circulação foram sendo levantadas pelo governo.

Bloomberg
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 18 de Maio de 2021 às 15:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O consumo de gasolina em Portugal mais do que duplicou em abril deste ano, comparando com o mesmo mês do ano anterior, numa altura em que as restrições à circulação dos cidadãos foram levantadas de forma gradual, de acordo com os dados disponibilizados pela ENSE - Entidade Nacional para o Sector Energético.

No período em análise, 
o consumo de gasóleo subiu 62%, enquanto que o "jet fuel" - utilizado pelos aviões - disparou mais de 300%, comparando com abril de 2020. Somando todas as categorias de combustível, a ENSE regista um aumento homólogo de 59% no consumo. 

"Como era expectável, com as novas medidas de desconfinamento, decretadas pelo Governo no contexto de algum desanuviamento do cenário pandémico e de retoma gradual de algumas atividades económicas, as introduções ao consumo (...) registaram uma aceleração significativa em abril de 2021, face a abril de 2020, com uma subida de 59%, passando de 336.815 para 535.533 toneladas", pode ler-se no comunicado. 

Se a comparação for feita em termos mensais, regista-se um aumento total de 34.087 toneladas (+6,8%), destacando-se também a aceleração do Jet (+42,97%) e da gasolina (+15,58%). 

Apesar da recuperação, os números de consumo ficam ainda aquém do nível pré-pandemia, uma vez que a ENSE mostra que o consumo global continua 23,53% abaixo face a abril de 2019, destacando-se sobretudo o Jet (-73,46%).

Os preços da gasolina sofreram uma ligeira queda esta semana, depois de seis semanas seguidas a subir. Ainda assim, os preços deste ativo estão em máximos de 2018.
Ver comentários
Saber mais ENSE Desconfinamento Portugal ENSE - Entidade Nacional para o Sector Energético Jet economia negócios e finanças energia
Outras Notícias