Energia EDP vende projeto eólico no Brasil por 155 milhões

EDP vende projeto eólico no Brasil por 155 milhões

A EDP Renováveis vendeu 100% do capital de um projeto de tecnologia eólica onshore no Brasil, com 137 MW de capacidade instalada. Com a alienação do Babilónia atinge 25% da meta fixada para a rotação de ativos até 2022.
EDP vende projeto eólico no Brasil por 155 milhões
Mafalda Santos
António Larguesa 29 de julho de 2019 às 07:55

A EDP Renováveis (EDPR) anunciou esta segunda-feira, 29 de julho, que chegou a acordo para vender 100% do capital de um projeto de tecnologia eólica onshore no Brasil, com 137 MW de capacidade instalada.

 

A venda do parque eólico de Babilónia foi concretizada a uma filial da Actis, um investidor de private equity em mercados em crescimento, por cerca de 650 milhões de reais (155 milhões de euros). Este é o valor do capital próprio, que está sujeito a ajustes aquando da conclusão, refere a empresa em comunicado.

 

Esta alienação faz parte da estratégia de "asset rotation", isto é, da venda de participações maioritárias em projetos operacionais ou em desenvolvimento, o que "permite à EDPR acelerar a criação de valor e reciclar capital para reinvestir em crescimento adicional".

 

Com esta operação do outro lado do Atlântico, destaca a companhia energética presidida por João Manso Neto, é atingido cerca de 25% do objetivo de 4.000 milhões de euros de rotação de ativos, fixado para o período entre 2019 e 2022 na última atualização do plano estratégico, divulgada em março deste ano.



Em funcionamento desde o último trimestre do ano passado e localizado no estado da Bahia, o parque eólico de Babilónia, de 137 MW, era um projeto totalmente detido pela empresa portuguesa de energias renováveis, que tinha assegurado num leilão um contrato de aquisição de energia ("CAE") de 20 anos.

Brasil lidera subida de vendas e produção no semestre


No primeiro semestre deste ano, os lucros da subsidiária de energias limpas da EDP dispararam quase 150%, para 433,6 milhões de euros, com o crescente portefólio e o aumento do preço médio de venda a darem fôlego às contas apresentadas na semana passada.

 

O Brasil concentrou neste período o maior crescimento tanto em termos de vendas como de produção, em torno de 65%. No total, a EDP Renováveis conta com um portefólio de ativos operacionais de 11,8 gigawatts (GW), com vida média de oito anos, espalhados por 11 países.


(notícia atualizada às 8:57 com mais informações sobre o projeto no Brasil)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI