Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis inaugurou um novo parque eólico em França

A subsidiaria de energias limpas da EDP inaugurou esta sexta-feira um novo parque eólico em França em Ardennes, na região de Champagne-Ardenne.

O Haitong avalia as acções da EDP Renováveis em 8,00 euros, o que implica um potencial de valorização 35%. A recomendação é de comprar.

O banco de investimento assinala que a EDP Renováveis apresenta uma avaliação “muito atractiva”, estando a negociar em bolsa tendo em conta um cenário “muito pessimista”, com um crescimento nulo na capacidade instalada e um aumento de 50 pontos base no custo médio do capital. Trata-se de uma avaliação “injustificada, pois acreditamos que a acção deve começar a apresentar uma melhor prestação assim que as notícias nos Estados Unidos confirmarem que não era tão más como o esperado”.

O Haitong considera que o mercado reagiu de forma exageradamente negativa aos riscos regulatórios nos Estados Unidos devido à vitória de Donald Trump nas eleições. “Dado que a regulação nos Estados Unidos advém de três fontes (Presidente, Congresso e Estados) e pelo menos duas não mudaram, acreditamos que o risco regulatório é mais baixo do que está a ser apreendido pelo mercado”, acrescenta.
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 27 de Junho de 2014 às 18:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A EDP Renováveis inaugurou um novo parque eólico em França. De acordo com o comunicado enviado às redacções, a empresa de energias limpas inaugurou esta sexta-feira, 27 de Junho, "um novo parque eólico em França, nos municípios de Tarzy e Neuville-Lez-Beaulieu, em Ardennes, na região de Champagne-Ardenne".

 

A EDP Renováveis estima que a produção anual acumulada deste parque é o equivalente ao "consumo energético de cerca de 10 mil pessoas"."Este novo projecto é o fiel reflexo do crescimento continuado da EDP Renováveis no mercado eólico francês desde 2005. Com uma capacidade instalada de 322 MW, a EDPR é o terceiro produtor de energia eólica em França", acrescenta a empresa liderada por Manso Neto (na foto)

 

Já no passado dia 7 de Maio, a EDP Renováveis comunicou ao mercado que, em parceria com a GDF Suez e a Neoen Marine, foi seleccionada pelo Governo francês para desenvolver projectos eólicos "offshore" com uma potência total de 1.000 megawatts (MW), devendo os parques ser instalados entre 2019 e 2021.

 

O consórcio obteve autorização do Governo francês para explorar duas áreas, a de Haute-Normandie e a de Pays-de-La-Loire. Em cada uma delas poderá instalar 500 MW. O consórcio irá recorrer a turbinas de 8 MW da francesa Areva. No total, os dois projectos deverão envolver a instalação de 125 torres eólicas "offshore".

 

Ver comentários
Saber mais EDP Renováveis França Manso Neto Neoen Marine Governo
Mais lidas
Outras Notícias