Energia ERSE está a estudar rever padrões de qualidade do setor elétrico

ERSE está a estudar rever padrões de qualidade do setor elétrico

O regulador lançou um novo site que permite avaliar a duração das interrupções de fornecimento de eletricidade, bem como o valor das compensações a pagar aos clientes por incumprimento dos padrões de qualidade.
ERSE está a estudar rever padrões de qualidade do setor elétrico
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Ribeiro 07 de maio de 2019 às 13:33

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) decidiu lançar um novo site que permite aos consumidores consultar o número e a duração das interrupções de fornecimento de eletricidade, bem como os motivos do corte de energia e as indemnizações a pagar aos clientes. Segundo a presidente do regulador, Cristina Portugal, esta é uma "de uma série de ferramentas que temos vindo a trabalhar" para melhorar a qualidade do serviço e "que ao longo do tempo vão ficar disponíveis", avançou numa apresentação com jornalistas que decorreu esta terça-feira.

Apesar de o novo site ser acessível a qualquer cidadão, como a responsável admitiu, é um elemento "fundamental no caso dos clientes industriais, cujo processo produtivo depende do nível da continuidade de serviço da zona onde se encontram instalados". Até porque, no caso das reclamações dos clientes domésticos, por regra, não são as questões relacionadas com o serviço técnico que lideram, mas sim os temas relacionadas com preços e faturas, acrescentou.

No site é possível observar a evolução temporal da qualidade de serviço por concelhos, bem como fazer comparações com alguns indicadores entre outros países europeus. Ao dar visibilidade a estas assimetrias, Cristina Portugal não tem dúvidas de que a partir de agora, como a informação "está mais acessível e chega a mais pessoas", além da própria ERSE os municípios, por exemplo, poderão "reclamar por mais melhorias".

Mas os planos da ERSE para tentar melhorar a qualidade de serviço técnico no setor elétrico não fica por aqui. Segundo Cristina Portugal ainda este ano deverá ser lançada uma consulta pública para uma eventual revisão dos padrões de qualidade de serviço. Um passo que está previsto no plano de atividades divulgado recentemente pelo regulador e para o qual já estão neste momento a trabalhar através da realização de um estudo.




Marketing Automation certified by E-GOI