Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp escolhe Setúbal para a unidade de lítio

A petrolífera portuguesa confirmou esta manhã a escolha do Parque Industrial Sapec Bay, em Setúbal, para a contrução da unidade avançada de conversão de lítio.

A gestora alemã comprou à Galp 75% da Galp Gás Natural Distribuição.
Pedro Zenkl
Marta Velho martavelho@negocios.pt 13 de Abril de 2022 às 10:13
  • Partilhar artigo
  • 8
  • ...
A Galp Energia e a Northvolt confirmaram esta manhã a escolha de Setúbal para a contrução da unidade avançada de conversão de lítio, através da joint venture "Aurora", que pretende ser a rampa de lançamento para o desenvolvimento de uma cadeia de valor integrada de baterias de lítio na Europa.

Em comunicado enviado às redações, a petrolífera portuguesa indica que o local selecionado, no Parque Industrial Sapec Bay, tem acesso a infraestruturas, caminhos-de-ferro, instalações portuárias e a localização ideal para obter reagentes e reutilizar subprodutos.

A petrolífera portuguesa indica que a fábrica, que será uma das maiores e mais sustentáveis da Europa, deverá ter uma capacidade de produção anual inicial entre 28.000 e 35.000 toneladas de hidróxido de lítio, "um material essencial para a indústria de fabrico de baterias de ião-lítio, que deverá crescer significativamente até 2030", indica.

A Galp explica também que a unidade utilizará um processo de conversão comprovado, aproveitando os recentes avanços e tecnologias de processamento para aumentar a sustentabilidade e eficiência da operação. Além disso, a joint venture Aurora – detida a 50%-50% entre a Galp e a Northvolt – fará uso de energia verde para alimentar o processo de conversão, minimizando assim a dependência do gás natural como acontece na abordagem convencional.

"Setúbal merece este investimento. A Câmara Municipal de Setúbal e as juntas de freguesia têm investido na qualificação deste território. Todos reconhecem esta realidade que é o resultado de uma grande vontade de fazer mais Setúbal" destaca o Presidente da Câmara de Setúbal, André Martins. "Estamos muito orgulhosos por este ter sido o município escolhido que, como é reconhecido, tem áreas industriais qualificadas, boas acessibilidades rodoviárias, ferroviárias e portuárias e uma cidade, um meio social e cultural igualmente atrativos".

"Este é o tipo de projeto que Portugal e a Europa devem desenvolver para o crescimento económico e para a construção de um futuro energético sustentável", afirmou Andy Brown, CEO da Galp. "Garantir materiais produzidos de forma sustentável para uma indústria de baterias em crescimento exponencial é uma prioridade estratégica para a Europa. Agradecemos ao município de Setúbal por nos acolher e esperamos que a nossa parceria seja geradora de emprego e de valor económico".

"Esta unidade em Setúbal representa um marco para a Europa no caminho para a construção de um ecossistema completo de baterias no continente, ao mesmo tempo que demonstra uma abordagem sustentável ao processo de conversão do lítio", disse Paolo Cerruti, Co-Fundador e COO da Northvolt.

Espera-se que a fábrica represente um investimento próximo dos 700 milhões de euros, e que crie mais de 200 empregos diretos qualificados e mais de 3.000 empregos indiretos na região. Embora não exista ainda uma decisão final de investimento, a joint venture planeia o início das operações até ao final de 2025 e o início das operações comerciais em 2026.

Setúbal foi o local escolhido entre as várias opções possíveis porque preenchia todos os requisitos estabelecidos pela Aurora, a joint venture da Galp e da Northvolt que irá liderar este projeto no futuro.

Esta unidade poderá produzir hidróxido de lítio suficiente para uma produção anual de baterias equivalente a 50 GWh (suficiente para 700.000 veículos elétricos). Ao abrigo do acordo, a Northvolt garantirá um consumo de até 50% da capacidade da unidade para utilização no seu próprio fabrico de baterias.


Notícia atualizada
Ver comentários
Saber mais Galp Energia Setúbal Northvolt Aurora Europa minérios e metais economia negócios e finanças
Outras Notícias