Programa de habitação acessível atrasado só financiou 10 projectos em três anos

O programa em causa é o Reabilitar para Arrendar. Com um financiamento de 25 milhões de euros, viu a luz do dia em 2015, mas desde então só concretizou uma dezena de projectos.
Miguel Baltazar
pub
Negócios 27 de agosto de 2018 às 09:30

O programa do Governo "Reabilitar para Arrendar" recebeu 25 milhões do Banco Europeu de Investimento (BEI) para reabilitar casas a disponibilizar com renda acessível. Este projecto, aprovado em 2015, só submeteu dez projectos para avaliação do BEI desde então, avança o Eco.

De acordo com fonte oficial do Banco Europeu de Investimento, citada pela mesmapublicação, o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), responsável pelo projecto, está atrasado na implementação e "pediu uma extensão da data final de pagamento do empréstimo". Esta extensão prolonga-se até final de Novembro do próximo ano.

O responsável do IHRU tinha, até à data, recusado avançar o número de investimentos entregues ao BEI, concentrando as suas declarações naqueles que haviam sido aprovados, e que, segundo o próprio, contavam mais de 100.

A justificar os atrasos estão as "situações de desactualização ao nível de registo predial, devido a longos período de abandono a que estiveram sujeitos e/ou aos processos de licenciamento estarem a aguardar a aprovação dos respectivos serviços municipais", afirma o instituto responsável.

pub