Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bondalti entra no tratamento de águas com aquisição da Enkrott

A empresa química do grupo José de Mello anunciou esta quarta-feira a aquisição de 68,5% da Enkrott, entrando numa nova área de negócio.

DR
Negócios 16 de Setembro de 2020 às 14:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A empresa do setor químico Bondalti, detida pelo grupo José de Mello, anunciou esta quarta-feira que acaba de adquirir uma participação de 68,5% na Enkrott - Gestão e Tratamento de Águas S.A., concretizando, assim, a entrada numa nova área de negócio.


Em comunicado, a empresa (antiga CUF) salienta que "as soluções para tratamento de águas representam um novo caminho de crescimento da Bondalti, com grande complementaridade relativamente à sua atividade nos químicos industriais, nomeadamente a produção de cloro".


Esta nova área de negócio, acrescenta, "traduz também uma aposta de Iongo prazo num setor de atividade alinhado com as grandes tendências globais de desenvolvimento sustentável, incluindo os objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas relativos à eficiência no uso, abastecimento e acesso a água potável".


A Bondalti realça ainda que a entrada no negócio de tecnologias e equipamentos para tratamento de águas é mais um sinal da aposta de expansão da empresa, que se segue à inauguração, este ano, da fábrica de Torrelavega, em Espanha, que "posicionou a empresa como maior produtor ibérico de cloro", e à apresentação do projeto de produção de hidrogénio no seu complexo de Estarreja, "cujo potencial fará de Portugal um exportador líquido deste produto".


A Enkrott é especializada no desenvolvimento, fabrico e operação de soluções globais no âmbito das tecnologias de tratamento de água, em especial em águas de consumo humano e de processo industrial.  A empresa foi criada em Portugal em 1961 e opera também em Angola e em Espanha.


"Ao ser concretizado no atual contexto económico de grande adversidade, este negócio demonstra o compromisso da Bondalti com a sua estratégia, confirma a sua resiliência e sustentabilidade financeira, e representa uma aposta inequívoca nas capacidades de engenharia nacionais e no seu potencial de crescimento e reforço de negócio, tanto interno como exportador", afirma João de Mello, presidente da empresa, citado no comunicado.

Ver comentários
Saber mais Bondalti indústria química José de Mello
Mais lidas
Outras Notícias