Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Toshiba deixa cair quatro gestores

A Toshiba continua a braços com problemas de governação.

Toshiba, 10.600 postos de trabalho. Envolvida no escândalo de manipulação das contas, a nipónica Toshiba foi uma das empresas que anunciou um dos maiores programas de despedimento em 2015. A companhia prevê cortar 10.600 postos de trabalho, no âmbito da sua reestruturação.
Negócios 13 de Junho de 2021 às 17:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Toshiba vai deixar cair quatro executivos, depois de uma reunião de emergência do conselho de administração que decorreu este domingo, que demorou, segundo o Financial Times, quatro horas.

Segundo a Bloomberg, o conglomerado vai retirar os nomes de Junji Ota e de Takashi Yamauchi para novo mandato, e também não reconduzirá Masayasu Toyohara e Masaharu Kamo.

A reunião seguiu-se à divulgação na semana passada de um relatório no qual se concluiua que a Toshiba tinha-se concertado com elementos do Governo para eliminar os investidores ativistas. 

O relatório independente, de 147 páginas, foi feito no seguimento de uma revolta de acionistas sem precedente, tendo concluído que o Governo tomou parte na tentativa de afastar esses investidores, nomeadamente elementos do Ministério da Economia, alegando-se ainda que a campanha teria chegado ao então secretária de Estado - o atual primeiro-ministro Yoshihide Suga - o que foi negado pelo próprio.

Na sexta-feira quatro elementos não executivos tinham considerado que o conselho de administração tinha tido ações "inaceitáveis e diretamente contra os interesses dos nossos acionistas", e este domingo o mesmo grupo diz que sob a "liderança do chairman [Osamu] Nagayama um conjunto importantes de alterações foram anunciadas".
Ver comentários
Outras Notícias