Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TAP está a estudar introdução de internet sem fios em voos na Europa

A TAP quer introduzir algumas mudanças na sua frota de médio curso, que voa essencialmente para a Europa. Em cima da mesa está a possibilidade de as aeronaves da família A320 passarem a contar com internet sem fios, que até poderá vir a ser gratuita.

DR/TAP
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 15 de Dezembro de 2017 às 20:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Alguns dos aviões da TAP já permitem o acesso à internet em pleno voo, mas a velocidades muito baixas e a preços elevados. E numa altura em que começam a surgir ofertas consideravelmente melhores, e em que a companhia se prepara para receber novas aeronaves, a TAP está a considerar a possibilidade de introduzir internet sem fios em toda a frota, incluindo nos voos de médio curso, que servem essencialmente a Europa, bem como destinos no norte de África e regiões autónomas.

 

"Está em estudo a introdução de conectividade na frota de médio curso", confirmou fonte oficial da companhia ao Negócios, depois de o Gestor de Produto Inflight, Joel Fragata, ter revelado à publicação Runway Girl Network (RGN) que a companhia portuguesa está efectivamente a planear disponibilizar uma solução de entretenimento a bordo da frota de médio curso, que actualmente não existe.

 

À semelhança de outras companhias aéreas, os aviões da família Airbus A320 da TAP já contaram no passado com vários ecrãs rebatíveis, onde eram apresentados conteúdos de entretenimento e informações sobre a localização da aeronave. Porém, esse sistema foi "removido dos aviões porque estava obsoleto e deixou de haver fornecedores para dar suporte tecnológico". Hoje em dia, quem viaja em aviões de médio curso não tem qualquer solução de entretenimento a bordo, à excepção da revista da companhia, a Up.

 

Por isso, a TAP está a estudar algumas soluções para disponibilizar aos passageiros a bordo destes voos. À RNG, Joel Fragata admite que o entretenimento e a conectividade a bordo se tornaram "muito importantes para o passageiro", pelo que a companhia tem que "investir numa solução". Quando? A TAP não adianta prazos nem estimativas de preços (para isso acontecer, as aeronaves terão de ser equipadas com novas antenas e sistemas de distribuição do sinal).

Mas diz que "existe a possibilidade" de o acesso à internet ser gratuito e permitir ainda o envio de SMS.

 

Novos A321 neo terão o mesmo sistema de entretenimento dos A330 neo

 

O novo A330 neo, que deve chegar à companhia em Julho do próximo ano, vai contar com uma solução de entretenimento e conectividade a bordo (IFEC) eX3 da Panasonic, que vai obter internet através do seu serviço baseado em satélites de banda Ku – o que deverá garantir velocidades até 12 megabits por segundo (mbps), segundo a Get Connected. A escolha do fornecedor para o resto da frota de longo curso – incluindo o médio curso – está "em estudo", mas deverá recair novamente na Panasonic.

 

"É expectável que haja uma escolha única para garantir a uniformidade na experiência dos passageiros com uso da internet a bordo", explica fonte oficial da companhia. O que pode significar que a TAP não vai aceder à internet disponibilizada pela European Aviation Network, que em Portugal vai contar com antenas da Nos para assegurar a componente terrestre do sistema de internet sem fios a bordo.

 

Certo, para já, é que o novo A321neo versão Long Range (longo alcance), com o qual a companhia planeia servir destinos na América do Norte, vai contar com o mesmo sistema IFEC que os A330 neo, ou seja, da Panasonic, ainda que seja um avião "narrow body" (fuselagem estreita).

Ver comentários
Saber mais TAP A320 Airbus Panasonic internet aviação
Outras Notícias