Transportes Rangel entra na gestão de lojas com parceria com a Tabaqueira

Rangel entra na gestão de lojas com parceria com a Tabaqueira

O grupo nortenho já está a gerir uma "Flagship Store" no Chiado, no âmbito de um projecto integrado que vai levar o novo tabaco da Philip Morris ao encontro dos clientes.
Rangel entra na gestão de lojas com parceria com a Tabaqueira
João Manuel Ribeiro/Negócios
Alexandra Noronha 15 de março de 2016 às 17:41

O grupo Rangel já começou a gerir uma loja no Chiado e tem como objectivo avançar com mais espaços, no âmbito de uma parceria que levou a cabo com a Tabaqueira, para a venda do novo tabaco aquecido da Philip Morris International, com o dispositivo iQOS. 


Em declarações ao Negócios, o vice-presidente da empresa, Nuno Rangel explicou que as duas empresas resolveram colaborar na solução IQOS, um equipamento que aquece o tabaco, sendo que a venda e distribuição serão feitas em vários canais, físico e online, de forma integrada. "Nunca trabalhei na gestão de uma loja, foi a primeira vez, mas acreditamos que podemos oferecer isto a outros clientes, com oportunidades para o futuro", adiantou Nuno Rangel. O objectivo é levar o conceito, que se encontra, para já, circunscrito à Grande Lisboa, ao resto do país, o que quer dizer que a Rangel poderá gerir espaços de venda um pouco por todo o território nacional.  


"No fundo, é um produto novo, a forma de venda é diferente e lançaram-nos o desafio de ajudar no projecto. Há um site onde o cliente tem oportunidade de entrar e pedir o que nós chamamos de  "Visit Me". Temos viaturas, o cliente faz o agendamento e os nossos colaboradores vão ter com ele a casa, ao escritório, onde ele quiser, e fazem a venda do produto", adiantou Nuno Rangel.


O grupo começou a trabalhar em Junho com a Tabaqueira, o site abriu em Novembro e a loja em Janeiro. O projecto inclui ainda "vending machines" como forma de chegar ao consumidor final.

O investimento atingiu já os 600 mil euros e a empresa contratou 19 pessoas para trabalhar no contrato, contou Nuno Rangel. "Este produto não entra na frota normal, o cliente decidiu ter viaturas eléctricas", referiu o vice-presidente da empresa. O grupo deverá contratar mais pessoas para alocar a este projecto em específico, revelou o mesmo responsável. 


A Rangel e a Tabaqueira já trabalham juntas há mais 15 anos. Portugal é o quarto mercado em que a Philip Morris introduziu a tecnologia iQOS, que permite fumar sem fazer fumo e de forma que a empresa garante ser mais saudável, porque aquece o tabaco em vez de o queimar.  




pub

Marketing Automation certified by E-GOI