Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de ocupação no Algarve recua em Julho mas volume de vendas sobe

A taxa de ocupação média nas unidades de alojamento turístico no Algarve cifrou-se em 83,8% em Julho, uma queda de 3,9 pontos percentuais face a igual mês do ano passado. O volume de negócios, contudo, registou uma subida homóloga de 2,6%.

Miguel Baltazar/Negócios
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 06 de Agosto de 2018 às 16:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A taxa de ocupação média nas unidades de alojamento turístico no Algarve cifrou-se em 83,8% em Julho, uma queda de 3,9 pontos percentuais face a igual mês do ano passado, mas o volume de negócios aumentou 2,6%, indicou esta segunda-feira a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

Os principais "culpados" pela quebra na ocupação são os mercados britânico e irlandês, com descidas homólogas de 10,3% e 11,2%, respectivamente.

Nos primeiros sete meses do ano, a taxa de ocupação na região contabiliza uma queda de 2,3 pontos percentuais, enquanto o volume de negócios apresenta um crescimento de 3,5%.

Elidérico Viegas, presidente da AHETA, disse ao Negócios que "uma situação de quebra na ocupação e aumento do volume de negócios não é sustentável no tempo". "Os preços recuperaram depois do esmagamento que se verificou nos anos da crise, mas não podem continuar sempre a subir", frisou.

O responsável atribui a quebra significativa no mercado britânico não só ao Brexit, mas também à recuperação de alguns destinos turísticos tradicionais dos britânicos após períodos de instabilidade que beneficiaram o Algarve.

No entanto, Elidérico Viegas sublinha que se tem assistido a uma mudança nos canais de comercialização e distribuição. "O ‘independent traveller’, que faz directamente a marcação das suas férias, os voos e reservas de hotéis, já representa mais de 60% no Algarve. Essa menor dependência face aos grandes operadores turísticos, que vendem pacotes de viagens e privilegiam destinos onde têm maiores interesses económicos, é positiva. O desvio de turistas para outros mercados verifica-se essencialmente neste segmento dos pacotes de viagens", assinala.

Ver comentários
Saber mais Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve Algarve AHETA Elidérico Viegas turismo hotelaria e alojamentos
Mais lidas
Outras Notícias