Sabe quantos pastéis de nata se comeram na Web Summit?

No último dia da Web Summit, é tempo de balanços. A organização divulgou os grandes números da conferência, onde estiveram mais de 53 mil pessoas.
Miguel Baltazar
pub
jng@negocios.pt 10 de novembro de 2016 às 20:40

Terminada a Web Summit, que decorreu de 8 a 10 de Novembro em Lisboa, é tempo de balanço. Foram mais de 53 mil pessoas de 166 países que se juntaram no Parque das Nações, para a Web Summit. 
Países como Polónia, Estados Unidos da América, Bélgica, Irlanda, Reino Unido, Ucrânia, Espanha, Suíça, Brasil, França, Suécia, Alemanha, Áustria, Canadá, Roménia, Itália, Índia, Israel, Holanda e Dinamarca foram dos mais representados na reunião de tecnologia e empreendedores, de acordo com a organização, que destaca ainda o facto de 42% dos presentes terem sido mulheres.
Toda esta gente teve à disposição 34.700 lugares para assistirem a conversas. Estiveram 677 oradores. E tiveram lugar 650 sessões de ajuda e aconselhamento a start-ups. A Web Summit é a cimeira dos empreendedores. O número parece fazer juz a essa característica: estiveram 1.490 start-ups de todo o mundo. Que tiveram disponíveis 1.300 investidores de tecnologia. 
A Web Summit não ficou fechada no Pavilhão Atlântico e na Fil, já que houve transmissões na internet das sessões. Mais de quatro milhões de visualizações nos "lives" do Facebook. E quase dois milhões de mensagens foram enviadas pela aplicação da Web Summit. A organização especifica: 1.835.841 mensagens. O tempo médio que cada pessoa ficou, por sessão, nessa mesma aplicação foi de 12,26 minutos.
A internet era um ponto crítico na Web Summit. Teve falhas. Logo no primeiro dia. O que aliás foi notado por Paddy Cosgrave, fundador e presidente da Web Summit, que até se referiu à Vodafone para salientar esses mesmos problemas, o que motivou a defesa da operadora que lembrou que a rede wi-fi era da responsabilidade da concorrente Meo. 
Ainda assim, com o wi-fi sempre a funcionar ou quase sempre, a organização dá outro número expressivo: havia 37 mil quilómetros de fibra óptica instalados. "Ou noutras palavras, o suficiente para escalar ao pico do Monte Evereste quatro vezes".
Tudo isto foi sendo noticiado por mais de dois mil profissionais de media. E ajudados pelas equipas de apoio da Web Summit que, segundo a organização, andaram o equivalente a 5.081 maratonas durantes estes dias.
A Web Summit terminou. Para o ano há mais. Mas fica, para já, também o aviso. É preciso café. Muito café. E muitos pastéis de nata. Afinal, segundo a organização foram consumidos 97 mil pastéis de nata, o que significa que em média cada um dos presentes comeu quase dois bolos. "É muita massa", diz a organização que acrescenta que a opção de acompanhamento foi o café. "E muito".

pub