Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street cede terreno à espera da Fed

As bolsas do outro lado do Atlântico encerraram em ligeira baixa, à espera da deliberação da Reserva Federal sobre política monetária e de mais resultados trimestrais. A frente comercial continua a preocupar.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 30 de Julho de 2019 às 21:05
  • Partilhar artigo
  • ...

O Dow Jones terminou a ceder 0,09% para 27.198,02 pontos e o Standard & Poor’s 500 recuou 0,26% para 3.013,18 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite deslizou 0,24%, para 8.273,61 pontos.

 

Os principais índices de Wall Street viram refletida na sua performance a prudência dos investidores, numa altura em que todos os olhares estão centrados na Fed – que hoje iniciou a reunião de dois dias sobre política monetária.

 

A convicção generalizada é a de que a Reserva Federal anuncie amanhã um corte de juros de pelo menos 25 pontos base. Essa convicção tem animado as bolsas, mas na véspera da decisão a cautela imperou.

 

Também a apresentação de resultados trimestrais prossegue nos EUA e algumas contas dececionantes ajudaram a uma atitude mais conservadora por parte dos intervenientes do mercado.

 

A Procter & Gamble e a Merck registaram subidas, devido aos resultados sólidos, mas a retalhista Under Armour cedeu terreno depois de rever em baixa a sua projeção para as vendas.

 

Por outro lado, no dia em que teve início em Xangai uma nova ronda de conversações comerciais entre os EUA e a China, as críticas do presidente norte-americano fizeram vacilar os investidores. Numa mensagem na sua conta de Twiiter, Donald Trump acusou Pequim de não ter avançado com a promessa de comprar mais produtos agrícolas aos Estados Unidos e de "mudar sempre o acordo (comercial) em seu benefício".

Ver comentários
Saber mais Wall Street Fed EUA
Outras Notícias