Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ações de gigante tecnológica ofuscam Tesla com subida de 880%

A empresa chama muito menos à atenção do que a Tesla, o grupo FAANG (sigla para Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google) ou até do que a corretora Robinhood.

Bloomberg
Bloomberg 09 de Agosto de 2020 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

Ainda assim, as ações da Sea conquistaram silenciosamente o melhor desempenho mundial entre empresas de grande capitalização, o que levantou o debate em Wall Street sobre se a empresa de jogos, comércio eletrónico e pagamentos de Singapura é o próximo grande colosso da Internet ou apenas mais um exemplo numa bolha de tecnologia global que pode rebentar a qualquer momento.

Por enquanto, são os mais otimistas que têm vantagem. A perspetiva crescente de que a Sea, que ainda dá prejuízos, possa um dia tornar-se a Tencent ou a Alibaba do Sudeste Asiático impulsionou as ações listadas em Nova Iorque em mais de 880% nos últimos 18 meses, a maior valorização mundial entre empresas com valor de mercado inicial de pelo menos mil milhões de dólares. Os investidores que apostaram na queda das ações em junho estão a desfazer-se das posições a um ritmo sem precedentes.

Se o CEO da Sea, Forrest Li, está atento a isso, não deixa transparecer. O bilionário de 42 anos disse em entrevista por vídeo que trabalha todos os dias da semana no escritório, desde abril, conduzindo a sua empresa naquele que poderá ser o ano mais crucial.

 

A procura por jogos para smartphone e na plataforma de compras online da Sea aumentou durante a pandemia, e a empresa procura obter uma licença de banco digital em Singapura para acelerar a sua entrada nos serviços financeiros. Li também está de olho em possíveis aquisições em jogos, logística e comércio eletrónico.

"Não gostamos de pensar muito no nosso sucesso ou em como chegámos aqui", disse quando questionado sobre o preço das ações da Sea. "Não importa se o ambiente é bom ou mau. Isso não muda uma empresa ou uma pessoa".

O fundador tem alguns investidores de peso. A Tencent ainda possui uma participação de cerca de 20% na Sea, e a ação era a maior aposta, em maio, do fundo Dynamic Power Global Growth Class, de Noah Blackstein, um dos fundos com melhor desempenho do mundo na última década. Outros acionistas de destaque incluem a Tiger Global Management, de Chase Coleman, e a Kora Management, um hedge fund de Nova Iorque focado em mercados emergentes, de acordo com documentos regulatórios de março.

A Sea já conquistou o título de maior empresa do Sudeste Asiático depois de o seu valor de mercado ter aumentado para 65 mil milhões de dólares, superando o banco DBS e o PT Bank Central Asia pela primeira vez no início deste ano.

As receitas também cresceram rapidamente, com um salto de 163%, para 2,2 mil milhões de dólares em 2019. Contudo, a Sea teve prejuízos de 1,46 mil milhões de dólares no ano passado.

Ver comentários
Saber mais ações bolsa Sea
Mais lidas
Outras Notícias