Bolsa BCP e Galp puxam PSI-20 para o verde

BCP e Galp puxam PSI-20 para o verde

A praça lisboeta alinha-se com as pares europeias e vive uma tendência positiva. Os "pesos pesados" BCP e Galp destacam-se nas contribuições para o desempenho do índice.
BCP e Galp puxam PSI-20 para o verde
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Batalha Oliveira 23 de julho de 2019 às 08:16
A bolsa nacional abriu em alta, com o principal índice, o PSI-20, a somar 0,44% para os 5.204,27 pontos. São treze as cotadas com tendência positiva, quatro a cair e uma inalterada.

A Europa mostra igual força na abertura. Lá fora, os investidores continuam "de olho" nos resultados. Esta terça-feira, 23 de julho, é dia da apresentação dos números do suíço UBS e do espanhol Santander, bem como da Visa, Coca-Cola, United Technologies, Texas Instruments, Lockheed Martin e Endesa. 

Em Lisboa, o BCP impulsiona a bolsa nacional ao subir 0,93% para os 27 cêntimos. A instituição recupera de quatro sessões consecutivas em queda, tendo vindo a ser prejudicada pelo outlook do setor: a Bloomberg publicou esta segunda um "outlook" para os resultados dos maiores bancos europeus no segundo trimestre, que deverão ser impactados de forma negativa pela política monetária do BCE.
   

Também o peso pesado Galp se destaca no verde com uma valorização de 0,79% para os 14,09 euros, num dia em que o barril de petróleo mantém a tendência de subida. Os preços da matéria-prima têm beneficiado das tensões do Irão com os Estados Unidos e o Reino Unido, que alimentam receios de cortes na oferta. 

Na dianteira dos ganhos seguem as papeleiras, com a Navigator a superar o 1%  - soma 1,19% para os 3,24 euros – e a Altri a segui-la com uma valorização de exatamente 1% para os 6,03 euros.

Uma nota ainda para a Nos, que avança 0,69% para os 5,87 euros na primeira sessão após a apresentação de resultados. A empresa liderada por Miguel Almeida encerrou o primeiro semestre com um resultado líquido de 90,2 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 13% face ao mesmo período do ano passado. As receitas totais registaram um ligeiro aumento de 1,2% para 781,7 milhões de euros.



(Notícia atualizada às 08:21)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI