Bolsa Empresa de dono da TAP prepara-se (outra vez) para entrar em bolsa

Empresa de dono da TAP prepara-se (outra vez) para entrar em bolsa

A Azul, detida por David Neeleman, está a preparar a sua estreia em bolsa, pela quarta vez. Será desta que se realiza?
Empresa de dono da TAP prepara-se (outra vez) para entrar em bolsa
Miguel Baltazar
Sara Antunes 04 de abril de 2017 às 16:40

A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da Azul poderá levar a empresa a encaixar 1,51 mil milhões de reais (cerca de 450 milhões de euros), de acordo com a informação avançada pela Bloomberg, que cita o prospecto da operação.

 

A Azul é detida por David Neeleman (na foto) que, em conjunto com Humberto Pedrosa, detém a Atlantic Gateway, dona de 61% da TAP – uma participação que descerá quando terminar a operação que permitirá ao Estado ficar com os restantes 50%.

 

As acções da empresa deverão assim ser vendidas entre 19 e 23 reais por título, com o Itaú a ser o coordenador da operação. Citigroup, Deutsche Bank, BB Investimentos, Bradesco BBI, Santander, JPMorgan e Banco Safra também participam na operação.

 

A Bloomberg adianta que o preço das acções deverá ficar definido a 6 de Abril, de acordo com uma fonte ligada ao processo.

 

Esta é, segundo a Bloomberg, a quarta vez que a Azul avança com um IPO, tendo adiado a operação devido à volatilidade do mercado de acções do Brasil.

 

A primeira vez que a Azul apresentou o pedido de IPO foi em 2013.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI