Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp e sector do papel sustentam bolsa

A bolsa nacional fechou com ganhos ligeiros, num dia em que a subida das acções da Galp e do sector do papel compensou a queda do retalho e do BCP. A Jerónimo Martins tocou em mínimos de mais de um ano, enquanto a Nos negociou em mínimos de 2014. Do lado oposto esteve a Navigator, que renovou máximos históricos.

A carregar o vídeo ...
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 21 de Março de 2018 às 16:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 37
  • ...
O PSI-20 subiu 0,16% para 5.429,97 pontos, com oito cotadas em alta, oito em queda e duas inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência foi maioritariamente de perdas, num dia em que os investidores aguardam pela divulgação da decisão da Reserva Federal (Fed) dos EUA. Os investidores aguardam que seja anunciado um aumento de juros de 25 pontos base e esperam com alguma expectativa pelo fim da reunião para saber se são dados sinais sobre a evolução da política monetária no país. 

A contribuir para a subida da bolsa estiveram as acções da Galp Energia e do sector do papel, com a Navigator a renovar máximos históricos e a Altri a subir mais de 2%.

As acções da Galp Energia subiram 0,81% para 15,59 euros, no dia em que foi noticiado que vai comprar 25% da empresa Podo, e em que o petróleo voltou a subir mais de 2%, a reflectir os receios em torno de novas sanções dos EUA ao Irão. O barril do Brent, negociado em Londres e referência para Portugal, está a subir mais de 2% de 69,26 dólares.

Já no sector do papel, a Navigator avançou 1,13% para 4,822 euros, o que corresponde a um novo máximo histórico. A Altri seguiu a mesma tendência e apreciou 2,35% para 5,22 euros.

Do lado oposto esteve a Jerónimo Martins, que desceu 0,84% para 14,815 euros, tendo tocado durante a sessão no valor mais baixo desde Janeiro de 2017 (14,72 euros). Em queda fechou ainda a Sonae SGPS, ao perder 0,26% para 1,168 euros.

A Nos, que tocou no valor mais baixo desde Novembro de 2014 (4,678 euros), terminou o dia a subir 0,81% para 4,744 euros. 

A travar a subida da bolsa esteve ainda o BCP, ao cair 0,32% para 0,2798 euros. 


(Notícia actualizada às 16:48 com mais informação)
Ver comentários
Saber mais PSI-20 mercados
Outras Notícias