Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Goldman ainda não vê fim do “bear market”

“Continuamos a considerar que é provável que o caminho de curto prazo para os mercados de ações seja volátil e numa trajetória descendente antes de atingir o fundo em 2023”, explica o Goldman Sachs.

Os emitentes europeus adotaram uma postura cautelosa face à volatilidade na primeira metade do ano.
Andy Rain/EPA
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 22 de Novembro de 2022 às 09:30
  • Partilhar artigo
  • ...

O “bear market” nos mercados acionistas mundiais ainda não acabou. Falta assistir por completo a uma “deterioração do crescimento global, ao pico na subida das taxas de juro diretoras” e à total incorporação do risco de recessão no valor das ações para que seja alcançado um momento de viragem, segundo apontam os analistas do Goldman Sachs no “outlook” para o próximo ano, a que o Negó

...

Ver comentários
Saber mais Goldman Sachs Japão Ásia-Pacífico MSCI S&P500 bolsas
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias