Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo Martins afunda 7% para mínimos de dois meses. É a retalhista que mais cai na Europa

As ações da retalhista portuguesa já caíram para mínimos de mais de dois meses, na ressaca dos resultados semestrais apresentados ontem.

Lusa
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 30 de Julho de 2020 às 08:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
As ações da retalhista Jerónimo Martins, dona do Pingo Doce, tombaram 6,65% para os 13,76 euros por ação, o que representa um mínimo de cerca de dois meses, depois de anunciar uma queda robusta nos resultados semestrais, devido ao impacto da atual pandemia. 

Assim, a empresa liderada por Soares dos Santos, é a empresa do setor do retalho que mais desvaloriza em toda a Europa, com uma grande diferença para a francesa Carrefour, que surge no segundo lugar com uma queda de 2,5%. 

Ontem, já depois do fecho de sessão, a dona dos supermercados Pingo Doce divulgou uma quebra dos lucros de 36,2% no primeiro semestre deste ano, face ao mesmo período do ano anterior, para 104 milhões de euros. No ano passado, também nos primeiros seis meses, lucrou 163 milhões de euros.

Para os analistas do CaixaBank/BPI, os resultados ficaram "aquém do esperado, apesar da melhoria das margens na Polónia". 

As vendas consolidadas do grupo no primeiro semestre aumentaram 4,6% para 9,3 mil milhões de euros. Contabilizando apenas o segundo trimestre, as vendas caíram 1,3% para 4,6 mil milhões de euros. Ainda assim, destacou-se o bom desempenho da polaca Biedronka, cujas vendas aumentaram 10,9% no semestre, e 8,7% no trimestre marcado pela pandemia.

Hoje, três casas de investimento (JB Capital Markets, Barclays e Erste Group) se pronunciaram sobre a sua cobertura à empresa portuguesa, mas nenhuma alterou o preço-alvo ou a recomendação. 

Atualmente, a Jerónimo Martins tem 12 bancos de investimento a recomendar "comprar", 13 a aconselhar "manter" e duas a sugerir "vender" o título. 

O preço-alvo médio de todas as coberturas está nos 15,98 euros por ação, o que representa um retorno potencial de 14,1% face ao fecho da última sessão, de acordo com os cálculos da Bloomberg. Neste momento, a retalhista é a terceira empresa mais valiosa do índice PSI-20, com uma avaliação de mercado superior a 9,2 mil milhões de euros.

 

Ver comentários
Saber mais JM Europa Jerónimo Martins Pingo Doce economia negócios e finanças Informação sobre empresas mercado e câmbios bolsa economia (geral)
Mais lidas
Outras Notícias