Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda da Jerónimo Martins arrasta Lisboa para o vermelho

A bolsa nacional arrancou o dia com ganhos, mas acabou por inverter a tendência. O PSI-20 está agora a recuar 0,24%, pressionado pela queda da Jerónimo Martins e em linha com o resto da Europa.

Pedro Catarino/CM
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 29 de Agosto de 2018 às 11:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A bolsa nacional arrancou o dia em alta, mas acabou por inverter a tendência ao longo da manhã. O PSI-20 está a recuar, pressionada pela queda da Jerónimo Martins, mas também do BCP. 

 

O índice de referência nacional está a ceder 0,24% para 5.498,54 pontos, com 11 cotadas em baixa, quatro em alta e três inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência também é de perdas, numa altura em que começa a aliviar o optimismo gerado pelo acordo comercial entre os EUA e o México.

 

Por cá, a Jerónimo Martins é das cotadas que mais recua e pressiona a praça portuguesa. A retalhista perde 1,39% para 13,165 euros. Também o BCP está a acentuar a tendência negativa, caindo 0,23% para 25,5 cêntimos.

A liderar a tabela das quedas segue a Mota-Engil. A empresa está a recuar 2,08% para 2,825 euros, um dia antes de apresentar os resultados para o primeiro semestre.

 

Já os CTT começaram a sessão a subir 0,42% para 3,35 euros, depois de ontem ter sido conhecido que a Marshall Wace reduziu a sua posição curta nos CTT, o mesmo é dizer que reduziu a aposta na queda das acções dos Correios. Contudo, os títulos também inverteram a tendência e estão agora a cair 0,66%.

 

A contrariar este sentimento segue a EDP, com a energética a avançar 0,51% para 3,377 euros. A Corticeira Amorim sobe 1,28% e a Ibersol valoriza 0,62%.

Ver comentários
Saber mais Jerónimo Martins PSI-20 BCP Mota-Engil CTT mercado e câmbios
Outras Notícias