Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Credit Suisse reitera "cautela" para o BCP e vê ações a caírem 19%. Títulos descem

O banco suíço avalia as ações do BCP com um preço-alvo de 13 cêntimos por ação e uma recomendação de "underperform".

O banco liderado por Miguel Maya lidera os ganhos do setor na Europa em 2022, com uma subida de 21%.
Duarte Roriz
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 20 de Janeiro de 2022 às 13:08
  • Partilhar artigo
  • 28
  • ...

O Credit Suisse mantém reservas para a evolução das ações do BCP. Numa nota para os bancos do Sul da Europa, onde inclui o português, o Credit Suisse reitera uma "abordagem cautelosa" para o BCP, assim como o preço-alvo de 13 cêntimos por ação. Uma avaliação que lhe confere uma margem de desvalorização de 19%, face à cotação atual.

 

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais BCP Credit Suisse research banca ações
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Assine o Negócios e receba 40€ na FNAC. Saiba mais
Mais lidas
Outras Notícias