Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa cripto disposta a pagar 19 milhões de dólares a 'hackers' para reaver 190 milhões roubados

A Nomad está disposta a pagar uma recompensa de 10% sobre os montantes devolvidos dos 190 milhões de dólares roubados por "hackers" e compromete-se ainda a não apresentar queixa junto das autoridades competentes.

O colapso da Terra USD esteve no centro do “crash” do mercado cripto. As stablecoins chegaram a ser vistas como porto seguro, mas são agora olhadas com desconfiança e medo.
Dado Ruvic/Reuters
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 05 de Agosto de 2022 às 13:27
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

A Nomad, uma plataforma que serve de ponte entre diferentes tecnologias blockchain, está disposta a pagar uma recompensa de 10% sobre os montantes devolvidos dos 190 milhões de dólares roubados por piratas informáticos. A empresa compromete-se ainda a não apresentar queixa junto das autoridades se tal acontecer.

"A recompensa será dada a quem já devolveu [parte do montante roubado] e para aqueles que ainda o irão fazer", anuncia a plataforma cripto em comunicado. A Nomad acrescenta ainda que até agora já foram devolvidos 20 milhões de dólares.

O empresa de interoperabilidade de tecnologias blockchain compromete-se ainda a não acusar quem lhe entregar o dinheiro roubado, já que na sua ótica, se tal acontecer será considerado um "white hat" (um termo em inglês que transmite a ideia de um "pirata informático bom").

"Não vamos processar ‘white hats", assegura o próprio CEO da empresa Pranay Mohan, no comunicado.

No entanto, o líder da Nomad assegura que tal não implica que sejam interrompidas as investigações levadas a cabo por auditoras e consultoras de blockchain.

"Vamos continuar a trabalhar com os nossos parceiros de forma aplicar a lei para perseguir os criminosos", garante.

O setor das plataformas ponte tem sido amplamente atacado por piratas informáticos ao longo deste ano. Desde o início do ano, e segundo as contas da consultora Chainalysis, já foram roubados a este setor, desde o início do ano, cerca de dois mil milhões de dólares.

 

Ver comentários
Saber mais Nomad economia negócios e finanças tecnologias de informação ciência e tecnologia crime lei e justiça ciência e tecnologia economia (geral) política
Outras Notícias