Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta segunda-feira os mercados chineses vão estar em destaque, depois de Pequim ter anunciado medidas de retaliação contra os Estados Unidos. Prossegue a apresentação de contas das empresas e a Alemanha revela indicadores sobre a indústria.

Rita Faria afaria@negocios.pt 06 de Agosto de 2018 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Investidores de olho nos mercados da China

Os mercados da China vão estar sob os holofotes esta segunda-feira, depois dos mais recentes desenvolvimentos na disputa comercial com os Estados Unidos, e com a entrada em vigor de medidas para suportar o yuan.

 

Na sexta-feira, o governo chinês anunciou uma lista bens dos Estados Unidos, no valor de 60 mil milhões de dólares, que poderão ser alvo de novas tarifas caso Trump cumpra a ameaça de aumentar as taxas aduaneiras de 10% para 25%.

 

Os analistas consultados pela Bloomberg antecipam mais descidas nas acções chinesas e uma "pausa" breve na desvalorização do yuan que, na sexta-feira, atingiu mínimos de maio de 2017.

 

Acções europeias voltam aos ganhos?

As cotadas chinesas não foram as únicas vítimas do aumento da tensão comercial entre os Estados Unidos e a China. O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, completou, na passada sexta-feira, a primeira desvalorização semanal desde o final de Junho, com a guerra das tarifas a aumentar os receios dos investidores.

 

Depois de quatro semanas consecutivas de ganhos, o Stoxx600 fechou a semana passada com uma descida acumulada de 0,74%.


 

Entram em vigor sanções dos EUA contra o Irão

A partir desta semana, Washington voltará a impor sanções contra o Irão, que incidem sobre as compras de dólares por parte de Teerão, comércio de ouro e metais preciosos e vendas e aquisições de vários metais industriais.  

 

Os Estados Unidos também avisaram países terceiros que devem suspender as importações de petróleo iraniano no início de Novembro ou enfrentar medidas financeiras dos EUA.

 

De acordo com a televisão estatal iraniana, o país vai aliviar as regras cambiais numa tentativa de deter o colapso da moeda, que perdeu metade do seu valor desde Abril.


 

Prossegue apresentação de resultados

Esta semana prossegue a apresentação de resultados das empresas relativos ao Segundo trimestre do ano, que continuarão a condicionar o rumo dos mercados. Esta segunda-feira, destaque para a divulgação das contas do britânico HSBC.


 

Alemanha revela evolução da indústria

A Alemanha vai divulgar os dados sobre as encomendas à indústria - um importante indicador para medir o pulso à evolução deste sector na maior economia europeia – num dia em que não se esperam mais dados económicos de relevo.

 

Ver comentários
Outras Notícias