Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

IGCP recompra obrigações com maturidade em 2023 e 2024 esta quarta-feira

O leilão de recompra incide sobre obrigações do Tesouro com maturidade em 2023 e 2024.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública - IGCP, liderada a partir de amanhã por Miguel Martín, tem de fazer face aos custos do Estado com comissões e outros encargos.
Vitor Mota
Marta Velho martavelho@negocios.pt 29 de Novembro de 2022 às 13:50
O IGCP vai esta quarta-feira, dia 30 de novembro, ao mercado recomprar dívida pública.

Às 10h00, a agência que gere o Tesouro português, liderada por Miguel Martin, vai efetuar um leilão duplo reverso de obrigações com maturidade em outubro de 2023 e em fevereiro de 2024, com um cupão de 4,95% e 5,65%, respetivamente.

Já no mês passado o IGCP tinha realizado uma operação de troca de obrigações por outras de três linhas com prazo mais longo.

Nessa altura, o Estado comprou no mercado 1.732 milhões de euros em obrigações do Tesouro com a mesma maturidade e cupão das OT do leilão de amanhã. Por outro lado, vendeu três linhas de títulos.

Foram colocados 1.020 milhões em títulos com maturidade a 15 de outubro de 2027, bem como 384 milhões de euros da segunda linha com prazo a 16 de julho de 2032 e 325 milhões com prazo fixado em 12 de abril de 2052.

Com essa operação, Portugal empurrou o reembolso de 1.732 milhões de euros em dívida, que atingia a maturidade nos próximos dois anos, para depois de 2027, não só diminuindo o custo de financiamento como aliviando a pressão sobre os reembolsos da dívida
Ver comentários
Saber mais Tesouro IGCP economia negócios e finanças política mercado e câmbios
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio