Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Turbulência nos mercados pode restringir acesso ao crédito nos EUA

O vice-presidente da Reserva Federal (Fed) dos EUA, Donald Kohn, afirmou que a recente "turbulência" financeira pode dar origem a uma redução de concessão de crédito às empresas e aos consumidores.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 28 de Novembro de 2007 às 15:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O vice-presidente da Reserva Federal (Fed) dos EUA, Donald Kohn, afirmou que a recente "turbulência" financeira pode dar origem a uma redução da concessão de crédito às empresas e aos consumidores.

O responsável afirmou que a "turbulência elevada deve persistir" e nesse caso deverá verificar-se um "possível aumento do aperto das condições financeiras para as famílias e empresas" disse Donald Kohn num discurso no Conselho de Relações Externas, em Nova Iorque, citado pela Bloomberg.

"Incertezas" em relação ao futuro significam que a Fed deve ser "flexível e pragmática" no que respeita à sua política, adiantou.

Estas declarações reflectem um aumento dos riscos para o crescimento económico norte-americano e em consequência a possibilidade da autoridade monetária optar por novos cortes das taxas de juro.

Donald Kohn acrescentou que as "incertezas" sobre as previsões económicas estão "invulgarmente elevadas" neste momento, o que requer que as autoridades nacionais estejam a actualizar os dados de que dispõem regularmente e que a política monetária responda de uma forma correcta.

A Fed reduziu os juros nas últimas duas reuniões, passando de 5,25% para os actuais 4,5%. E a justificação esteve relacionada com a turbulência gerada pela crise de crédito de elevado risco.

Outras Notícias