Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: Contas, minutas da Fed e Brexit centram atenções

A sua semana dia-a-dia: Contas, minutas da Fed e Brexit centram atenções

Continua a publicação de contas anuais em Lisboa, com as atenções a estarem centrados nos CTT e BCP. A semana será ainda marcada pela divulgação das minutas da Fed e discusões em torno do Brexit.
A sua semana dia-a-dia: Contas, minutas da Fed e Brexit centram atenções
Negócios 17 de fevereiro de 2019 às 19:00
Segunda-feira Bolsas dos EUA encerradas
Do outro lado do Atlântico, a semana arranca com o feriado do "Dia do Presidente", uma data que é celebrada desde 1879. Neste dia, os mercados acionistas e obrigacionistas dos Estados Unidos estarão encerrados, pelo que as atenções dos investidores poderão estar mais centradas nos mercados do Velho Continente.

Terça-feira HSBC publica contas anuais

O setor financeiro europeu estará em destaque, esta semana. Um dos maiores bancos europeus, o HSBC, publica as suas contas relativas a 2018, esta terça-feira. Números que os investidores deverão seguir com expectativa. Também esta semana, mas na quinta-feira, será a vez do Barclays prestar contas ao mercado.

Quarta-feira Portugal volta à dívida de curto prazo

Depois de na semana passada ter emitido dívida a 10 e a 15 anos, tendo mesmo conseguido a taxa de juro mais baixa de sempre na primeira operação, Portugal regressa esta semana à dívida de curto prazo. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) agendou um duplo leilão de bilhetes do Tesouro para a próxima quarta-feira, com o objetivo de angariar entre mil e 1,25 mil milhões de euros. "O IGCP, vai realizar no próximo dia 20 de fevereiro pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em 17 de maio de 2019 e 17 de janeiro de 2020", referia uma nota da agência que gere a dívida pública nacional.

Quarta-feira Fed publica minutas da última reunião

Quarta-feira será ainda marcada pela publicação das minutas da última reunião de política monetária da Reserva Federal, realizada no final de janeiro. Neste encontro, o banco central dos Estados Unidos decidiu, sem surpresas, manter os juros diretores no atual intervalo entre 2,25% e 2,5%. Mas mudou substancialmente a linguagem do seu discurso. Não só não disse quantas vezes prevê mexer nos juros este ano, como também abriu a porta a que a próxima mexida possa ser para cima ou para baixo. 

Quarta-feira Progressos do Brexit em discussão

Uma semana antes de terminar o prazo para que o acordo da saída do Reino Unido seja aprovado no parlamento britânico, sob pena de a Câmara dos Comuns poder reiniciar a partir do zero o debate de uma solução para o Brexit, os responsáveis diplomáticos da União Europeia discutem os progressos das negociações, em Bruxelas.

Quinta-feira BCP divulga resultados anuais

O banco liderado por Miguel Maya divulga, esta quinta-feira, as contas do ano passado. O BPI estima que o BCP tenha terminado o exercício com lucros de 304 milhões de euros, um crescimento de 122% face ao registado em 2017. Na bolsa nacional, a semana será ainda marcada pelos resultados anuais dos CTT, revelados na véspera. 


Sexta-feira
Fitch pode avaliar "rating" de Itália

Itália tem enfrentado, nos últimos meses, um período de instabilidade, com dificuldades em cumprir as metas de Bruxelas. E, esta sexta-feira, está agendada uma possível ação de "rating" sobre a dívida italiana por parte da agência Fitch. 



Marketing Automation certified by E-GOI