Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Brent desce para o valor mais baixo desde Abril

Os preços do petróleo voltaram a descer esta terça-feira, confirmando a interrupção da subida encetada pela matéria-prima após os mínimos do início do ano.

Bloomberg
Rui Barroso ruibarroso@negocios.pt 26 de Julho de 2016 às 19:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os preços do petróleo têm vindo a descer, confirmando a interrupção da subida encetada pela matéria-prima após os mínimos registados no início do ano. O preço do Brent recua já 14,8% desde o pico do ano, atingido em Junho, com o barril a valer 44,73 dólares. Já o West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, perde 17,28% desde o valor  máximo atingido este ano. Negoceia em 42,83 dólares, mínimo de Abril.

Apesar desta quebra, os preços ainda negoceiam  acima dos mínimos de mais de uma década atingido no início do ano, altura em que transaccionaram em torno dos 27 dólares. Mas com o mercado a observar que as reservas de petróleo e de combustíveis em economias como as dos EUA a serem ainda historicamente elevadas, têm optado por jogar à defesa.

"As preocupações sobre as reservas de combustíveis estão a pesar no mercado. Antecipamos um aumento do ‘stock’ de combustíveis e ainda há muito crude armazenado em tanques", disse Gene McGillian, analista sénior da Tradition Energy, citado pela Bloomberg.

Além das reservas elevadas, também têm existido sinais de que a produção nos EUA pode estar a aumentar. A produção sobe há duas semanas consecutivas e o número de plataformas activas tem vindo a aumentar.
Ver comentários
Saber mais Petróleo Matérias-primas reservas mercado
Outras Notícias