Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros estão mais altos, mas custo da dívida não

O ambiente adverso do mercado mantém-se longe dos cofres do Estado, já que o custo das emissões do Tesouro em 2016 mantém-se em linha com o ano passado. Pior é a maturidade da dívida. Mas os analistas desvalorizam, até porque não é um factor essencial.

Miguel Baltazar
André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 12 de Maio de 2016 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Se 2015 foi o ano dos mínimos históricos, 2016 tem sido um desafio para Portugal. É que os juros da dívida têm oscilado acima dos 3%, ora à custa das dúvidas quanto à receita de António Costa para a economia, ora ao sabor da turbulência internacional. Mas o impacto no financiamento do Estado é diminuto. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) tem conseguido gerir com sucesso ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais dívida Portugal IGCP Tesouro obrigações leilão de dívida Cristina Casalinho mercados
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias