Mestrados e pós-graduações 2019 Portugal tem talento

Portugal tem talento

Peritos e empresas elogiam escolas e profissionais.
Portugal tem talento

Portugal e os portugueses têm talento. E os profissionais são flexíveis e comprometem-se com o seu trabalho. Segundo dados de fontes distintas como o European Business School, Education First, English Proficiency Index 2017, The Global Talent Competitiveness Index 2017, PORDATA, Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), entre outras instituições, Portugal tem recursos humanos qualificados.

 

Os dados demonstram que no nosso país há facilidade em encontrar trabalhadores com competências, disponibilidade de cientistas e engenheiros e as escolas de gestão têm qualidade. São destacadas, aliás, as escolas que se encontram no ranking do European Business Schools Ranking, do Financial Times (FT). Católica Lisbon School of Business and Economics, Nova School of Business and Economics, Porto Business School e ISCTE Business School são as escolas de gestão portuguesas que estão no top 100 do famoso ranking do FT.

 

Estudantes universitários estrangeiros estão a aumentar

 

No ano letivo 2017/18 estavam em Portugal 26.228 estudantes universitários estrangeiros, mais 55% do que o registado em 2014/15. Ciência sociais e direito eram as áreas mais frequentadas no ano letivo passado com quase 116 mil alunos. Seguiam-se outros cursos (diversas áreas), engenharias, saúde e por último cursos ligados à matemática, computação e ciência.

 

"Os portugueses são orientados para os resultados. Se têm um problema, lidam com ele. Os trabalhadores portugueses não vão imediatamente para casa assim que o seu turno termina. O ambiente é igualmente estável – salários e inflação – e há uma boa interligação entre a alta tecnologia e o custo da mão de obra, que não é caro." Palavras de Peter Haendel, chief financial officer Siemens Portugal.

 

Portugal é um dos países de topo no que diz respeito a oferecer serviços na área de tecnologia. Uma citação da Bosch, em 2017, referia que a empresa "tem uma das maiores equipas e uma das mais dedicadas em R&D [Research and Development] em Portugal". "Tem mais de 500 engenheiros qualificados que trabalham em soluções de hardware e software em Aveiro, Braga e Ovar. Por isso a Bosch não é só made in Portugal. Também inventa em Portugal." O país é também um autêntico ecossistema para start-ups, em áreas como robótica, inteligência artificial, e-commerce e não só.

 

Portugal, revelam os dados recolhidos de diversas fontes, não é apenas um bom local para investir. É também para residir. A qualidade de vida atrai millennials e cidades como Lisboa são apontadas como o destino ideal para trabalhar ou morar.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI