Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CDS: "Houve Dupond e Dupont a mais entre Belém e São Bento"

CDS vota a favor do estado de emergência, mas critica "falta de exigência" por parte do Presidente da República em relação à gestão do Governo durante a pandemia da covid-19.

José Sena Goulão
Vicente Lourenço vicentelourenco@negocios.pt 06 de Novembro de 2020 às 16:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O CDS-PP reiterou que vai ajudar a viabilizar a declaração do estado de emergência, proposta ao Parlamento pelo Presidente da República, tal como já tinha prometido no passado. 

"O CDS não muda de posição e não falhamos com o nosso voto em momentos cruciais. Não deixamos de fazer críticas, mas não falhamos aos portugueses", afirmou o deputado Telmo Correia.

Apesar de se pôr ao lado do Executivo, o CDS deixou várias críticas à gestão feita durante a pandemia da covid-19, atacando também o Presidente da República por um excesso de compadrio com o Governo.

"Pessoalmente, acho mesmo que houve exigência a menos e Dupond e Dupont a mais entre Belém e São Bento", observou o deputado Telmo Correia.

Ver comentários
Saber mais Estado de Emergência Pandemia Covid-19 Parlamento Presidente da República
Outras Notícias