Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EUA estão a ponderar levantar restrições aos voos da Europa

O governo norte-americano decidiu, no início do ano, suspender a entrada de cidadãos estrangeiros no país, numa tentativa de travar a propagação do novo coronavirus.

As companhias aéreas reviram em baixa a sua operação para este inverno e vão voar a 20% da sua capacidade.
iStock
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 25 de Novembro de 2020 às 12:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os EUA estão a considerar voltar a permitir a entrada de cidadãos estrangeiros que tenham estado recentemente no Brasil, Reino Unido, Irlanda e noutros 26 países europeus, avança a Reuters, citando responsáveis norte-americanos e de companhias áereas. 

A administração de Donald Trump impôs esta proibição numa tentativa de travar a propagação do novo coronavírus. O Executivo está agora a ponderar levantar esta medida, à exceção dos cidadãos que tenham estado recentemente na China ou no Irão, referem responsáveis à agência de notícias. 

Este plano já conta com o apoio da equipa da Casa Branca que está a gerir a pandemia, autoridades de saúde e outras entidades, disseram à Reuters fontes próximas do assunto. No entanto, Trump ainda não tomou uma decisão final. 

Foi em meados de março que o governo norte-americano decidiu suspender todas as viagens da Europa para os EUA, excluindo Reino Unido e Irlanda. Acabou por alargar depois esta medida a estes países.

Os países europeus que estão sujeitos a estas restrições incluem os 26 membros do Espaço Schengen.
Ver comentários
Saber mais EUA Europa Brasil Reino Unido Irlanda
Outras Notícias