Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UE paga mais de 10 mil milhões pelas vacinas da Pfizer e CureVac

  A Comissão Europeia aceitou pagar 15,5 euros por cada dose da vacina da Pfizer e 10 euros por cada unidade que está a ser desenvolvida pela CureVac.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 20 de Novembro de 2020 às 08:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A União Europeia deverá pagar mais de 10 mil milhões de euros por centenas de milhões de doses apenas de duas das cinco vacinas que já contratou.

 

De acordo com a Reuters, Bruxelas já definiu os preços por dose dos contratos com a Pfizer, que está já na fase final de desenvolvimento da vacina em conjunto com a alemã BioNTech. Será de 15,5 euros por dose, pelo que pagará 3,1 mil milhões de euros por 200 milhões de doses contratadas, ou 4,65 mil milhões de euros se exercer a opção para comprar mais 100 milhões.  

A UE vai assim pagar um preço inferior aos Estados Unidos por cada dose da vacina que está a ser desenvolvida por companhias das duas regiões.  

Os EUA contrataram 100 milhões de doses de vacinas da Pfizer a 19,5 dólares por dose, sendo que o preço mais baixo da União Europeia está relacionado com o volume contratado ser superior e com o financiamento que Bruxelas concedeu ao consórcio.

Pela vacina da alemã CureVac Bruxelas aceitou pagar 10 euros por unidade. Bruxelas contratou a entrega inicial de 225 milhões de doses e tem a opção para comprar mais 180 milhões desta farmacêutica alemã, pelo que no total poderá pagar mais de 4 mil milhões de euros.

Além do preço por dose, a UE também efetuou um pagamento inicial (e não reembolsável) a cada farmacêutica para ter acesso às vacinas que estavam a desenvolver. No caso da Pfizer/ BioNTech o valor ascendeu a mais de 700 milhões de euros, daí o valor total das duas vacinas ser superior a 10 mil milhões de euros.

Até ao momento, a Comissão Europeia já assinou cinco contratos com farmacêuticas para assegurar vacinas para a Europa quando estas se revelarem eficazes e seguras: a AstraZeneca (300 milhões de doses), a Sanofi-GSK (300 milhões), Johnson & Johnson (200 milhões) e BioNTech e Pfizer (300 milhões) e CureVac (405 milhões).

O primeiro-ministro afirmou ontem que Portugal está preparado para comprar cerca de 16 milhões de doses de três vacinas contra a covid-19 e adiantou que Bruxelas prepara um combate às campanhas de desinformação em relação à vacinação.

A Comissão Europeia disse ontem que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) poderá dar uma primeira autorização comercial às vacinas para a covid-19 desenvolvidas pela BioNTech e Pfizer e pela Moderna na segunda metade de dezembro.

Ver comentários
Saber mais vacina covid-19 BioNTech Pfizer/ BioNTech CureVac Comissão Europeia
Outras Notícias