A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vacina da Pfizer chega a Portugal no início do ano e 300 mil portugueses serão vacinados na primeira fase

Segundo a diretora médica da Pfizer Portugal, Susana Castro Marques, a vacina pode chegar ao país a 1 de janeiro, caso seja aprovada pela Agência Europeia do Medicamento a 29 de dezembro.

Negócios jng@negocios.pt 02 de Dezembro de 2020 às 13:41
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
A vacina da Pfizer/BioNTech poderá chegar a Portugal três dias depois da aprovação pela Agência Europeia do Medicamento que deve acontecer a 29 de dezembro deste ano. Segundo a diretora médica da Pfizer Portugal, Susana Castro Marques, em entrevista à RTP, a vacina pode chegar ao país a 1 de janeiro.

"Vamos ter uma componente de distribuição aérea para alguns pontos fulcrais do país e da região e depois uma rede de transporte para fazer, a partir desses pontos centrais, a distribuição para outros locais que sejam designados", disse Susana Marques, adiantando que os pontos finais de distribuição vão ser ainda definidos pelas autoridades portuguesas.


As farmacêuticas já produziram 20 milhões de doses e vão assegurar o transporte desde a fábrica até aos locais de vacinação designados pelas autoridades portuguesas em caixas térmicas a 70 graus negativos.

Marques Mendes revelou no domingo no espaço de comentário da SIC que Portugal vai receber um total de 22 milhões de doses da vacina, sendo que 4,5 milhões serão da BioNTech/Pfizer. 

 

O diretor-geral da Pfizer Portugal disse esta quarta-feira que a farmacêutica espera vacinar 300 mil portugueses contra a covid-19 na primeira fase de vacinação. Citado pelo TSF, Paulo Teixeira afirmou que "a nossa expectativa é que a União Europeia se pronuncie no final de dezembro, e que consigamos ter a vacina aprovada antes do final do ano".

 

O diretor da farmacêutica adiantou que "depois da aprovação, as vacinas vão ser rapidamente distribuídas", sendo que "na Europa, a expectativa é que consigamos fazer uma distribuição de 25 milhões de vacinas, logo numa primeira tranche".


O regulador do Reino Unido aprovou esta quarta-feira a vacina que vai começar a ser administrada na próxima semana.
Ver comentários
Outras Notícias