Cultura 10 clássicos de Dylan, o novo Nobel da Literatura

10 clássicos de Dylan, o novo Nobel da Literatura

Mais do que os poucos livros que escreveu, a distinção da Academia Sueca está relacionada com as letras da música de Bob Dylan, que durante décadas documentaram o estado do mundo. Em jeito de homenagem, aqui fica uma selecção de dez temas intemporais do mais recente Nobel da Literatura.
10 clássicos de Dylan, o novo Nobel da Literatura
Reuters
Negócios 13 de outubro de 2016 às 18:30
1 - Like a Rolling Stone
Editada em "Highway 61 Revisited", de 1965, tornou-se uma música simbólica do próprio Dylan. A editora, inicialmente, recusou-se a editar o tema, considerando-o demasiado longo para as rádios o passarem como single e num registo mais ligeiro do que a folk típica do artista. Ainda assim, começou a ser mostrada a alguns "djs" influentes, que fizeram a Columbia mudar de ideias. A revista Rolling Stone colocou o tema no topo da sua lista das 500 melhores canções de sempre.





2 - Knockin' on Heavens Door
Uma das músicas de Dylan que conheceu mais versões por parte de outros artistas. Editada em 1973 na banda sonora de "Pat Garrett and Billy the Kid", tornou-se presença habitual nas actuações de Dylan ao vivo. Uma das versões mais bem sucedidas - e que ajudou a reavivar a popularidade de "Knockin' on Heavens Door" - foi a dos Guns N Roses, em 1991.




3 - The times they are a changing
Editada em 1964 no disco do mesmo nome, é o exemplo acabado da canção de protesto, e explica bem a razão pela qual Dylan foi necessariamente adoptado como o porta-voz de um movimento de contra-cultura que estava a nascer. Um tema que fala de mudança e da vontade da juventude em ser dela protagonista. 




4 - Hurricane
Dylan volta à intervenção, neste caso confrontando os preconceitos raciais. A canção versa sobre Rubin "Hurricane" Carter, um pugilista condenado, em 1967, por triplo homicídio. O tema foi editado no álbum "Desire", de 1976, trazendo para a ribalta de novo o caso, que gerava dúvidas sobre a justeza da investigação policial e da condenação. "Hurricane" Carter acabou por ser libertado depois de vários recursos e reanálises do seu caso, nos anos 80.



5 - Blowin' in the wind
Um dos primeiros clássicos da sua carreira, escrito em 1962 e editado no ano seguinte, em "The Freewhelin' Bob Dylan". É um típico tema folk mas já a caminho do formato da canção do protesto, embora com uma mensagem algo difusa, rejeitando verdades únicas.



6 - Lay Lady Lay
Escrita inicialmente para a banda sonora do filme "Midnight Cowboy", acabou por ficar de fora por não ter sido acabada a tempo. Ganhou com isso o álbum "Nashville Skyline", de 1969, com esta canção mais próxima de um formato da balada pop. "Lay Lady Lay" é um dos temas de Dylan que conheceu mais versões por parte de outros artistas, entre os quais The Byrds ou Duran Duran.



7 - Mr. Tambourine Man
Uma das músicas mais conhecidas de Dylan, foi lançada em 1965 no disco "Bringing it all back home". Curiosamente, conheceu um sucesso ainda maior no mesmo ano, quando foi alvo de uma versão dos The Byrds, dando mesmo nome ao primeiro álbum desta banda, numa versão mais "psicadélica" e pop.



8 - Don't think twice, it's all right
Mais um tema de "The Freewheelin Bob Dylan", o segundo disco da sua carreira, de 1963. É uma canção típica daquele período do seu percurso, com voz, guitarra acústica e harmónica. Baseia-se, tanto a música como a letra, em canções anteriores, um mecanismo habitual nos músicos de blues e em alguns artistas folk. Dezenas de artistas assinaram, ao longo dos anos, versões deste tema.



9 - Most of the time
Os anos 80 não foram particularmente generosos para com Bob Dylan, tal como sucedeu com muitos outros artistas que surgiram e se afirmaram na década de 60. Ainda assim, continuou a lançar bons discos e a assinar canções marcantes. Esta versão de "Most of the time" surge no álbum "Oh, Desire", de 1989, trazendo Dylan com o timbre mais carregado, numa música de amor perdido. O tema fez parte da banda sonora do aclamado filme "Alta Fidelidade", de 2000, chamando a atenção de uma geração mais nova.



10 - Melancholy Mood

Dylan em 2016, no seu disco mais recente. Tal como o anterior, o cantor revisita clássicos da música norte-americana celebrizados por Frank Sinatra. Esta música, que serviu de apresentação a "Fallen Angels", editado este ano, foi gravada por Sinatra no longínquo ano de 1939.





Saber mais e Alertas
pub