Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Berlim avisa Londres: Falta de acordo terá consequências "significativas"

O ministro das finanças germânico avisa o Reino Unido que a ausência de um acordo teria "consequências muito significativas para a economia britânica".

Lusa
Lusa 12 de Setembro de 2020 às 15:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, alertou hoje o Reino Unido sobre as "consequências significativas" para a economia britânica caso as negociações com a União Europeia (UE) fracassarem no que respeita a um acordo comercial após o 'Brexit'.

Uma situação não regulamentada teria "consequências muito significativas para a economia britânica", afirmou Olaf Scholz, durante uma conferência de imprensa em Berlim, no final de uma reunião dos ministros das finanças da UE.

Em contrapartida, Scholz espera que a Europa seja capaz de fazer face à saída britânica, "depois dos preparativos que já foram feitos".

O ministro alemão, porém, disse ainda esperar que as negociações com Londres "alcancem um bom resultado".

O comissário europeu para os Assuntos Económicos, Paolo Gentiloni, também presente em Berlim, declarou que cabia agora a Londres "restaurar a confiança" com a UE.

"Em qualquer caso, estamos preparados para enfrentar qualquer resultado negativo extraordinário desta discussão", acrescentou o ex-primeiro-ministro italiano.

Após a saída formal do Reino Unido da UE, em 31 de janeiro, os britânicos e a União iniciaram negociações sobre seu futuro relacionamento comercial e de segurança.

Porém, as negociações estagnaram durante meses e o acordo comercial entre as duas partes, que deveria evitar a reintrodução de taxas alfandegárias, está difícil de alcançar.

Numa altura em que as negociações para evitar um "não acordo" em 1 de janeiro próximo permanecem num impasse, Londres culpou Bruxelas pela origem da disputa que envenenou, na semana passada, uma nova ronda de negociações.
Ver comentários
Saber mais Brexit União Europeia Reino Unido comércio internacional economia
Mais lidas
Outras Notícias