Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Costa quer "acabar com os professores com a 'casa às costas'"

Discursando no XX Congresso Federativo do PS Castelo Branco, o secretário-geral do PS mostrou-se confiante num acordo com os sindicatos dos professores e reiterou o compromisso com a execução de "reformas estruturais".

Agências de “rating” consideram que a maioria absoluta conquistada por António Costa chega num momento importante.
Miguel A. Lopes/Lusa_EPA
Lusa 19 de Novembro de 2022 às 16:18
  • Partilhar artigo
  • 11
  • ...
O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que é preciso acabar com a situação dos professores com a "casa às costas" e mostrou-se confiante num acordo com os sindicatos do setor.

"Esperamos chegar a acordo com os sindicatos para que seja possível acabar, de uma vez por todas, com dos professores com a 'casa às costas' e que possam, assim que sejam contratados, vincular-se na escola onde estão e só saírem de lá se um dia o desejarem", disse.

António Costa falava na Covilhã, no XX Congresso Federativo do PS Castelo Branco, numa intervenção que foi acompanhada via 'online' nos congressos federativos socialistas de outras regiões, que também estão a decorrer hoje.

Durante a sessão, o líder socialista e primeiro-ministro reiterou o compromisso com a execução de "reformas estruturais" e apontou a questão da escola pública, destacando a situação dos professores e a necessidade de mudar o modelo de vinculação.

Costa lembrou que já foi aberto um processo de negociação sindical para alteração do modelo de vinculação dos professores e assumiu que "não há nenhuma razão" para que esta seja "a única carreira em todo o Estado" que tem de se apresentar a concurso de três em três anos.

António Costa reconheceu o problema que representa para os professores não saberem se vão ficar perto ou longe de casa e se vão ter de andar com a 'casa às costas', "sem saber onde é que se podem vincular".

"Não há nenhuma razão para que isto aconteça", vincou.

Apontando que a estabilidade do corpo docente reforça a qualidade da educação, destacou que este é um ganho fundamental que tem que se conseguir.

António Costa garantiu ainda que o reforço do Serviço Nacional de Saúde (SNS) também é para manter e frisou que é necessário "melhorar a eficiência da gestão", tendo vincado que a criação da Direção Executiva do SNS é fundamental para conseguir essa melhoria.
Ver comentários
Outras Notícias