Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo português lança alerta para cidadãos nacionais em Londres

Ministério dos Negócios Estrangeiros lançou hoje o alerta que está também a ser feito por outros países, dada a escalada de violência que se vive em Londres. Governo português recomenda que os portugueses em Londres evitem “grandes multidões” e tenham “extrema cautela”

Negócios negocios@negocios.pt 09 de Agosto de 2011 às 18:31
O Governo está a alertar os portugueses que estejam em Londres para a situação imprevisível que se vive na cidade.

“Aconselham-se os cidadãos nacionais a evitar grandes multidões e agir com extrema cautela durante o período nocturno” e “todas as instruções das forças de segurança devem ser prontamente obedecidas”, refere uma nota da Secretaria de Estado das Comunidades.

A mesma nota explicita que “desde o passado dia 06 de Agosto de 2011, têm ocorrido tumultos na cidade de Londres, na sequência dos quais se têm verificado episódios de pilhagem e de saque em várias lojas comerciais, bem como o incendiamento de alguns veículos, em diversos bairros da cidade”. E acrescenta que “foram particularmente afectadas as zonas de Tottenham, Brixton, Lewisham, Peckham, Hackney, Croydon, Clapham, Ealing, Enfield, Woolwich e East Ham”.

O mesmo alerta está a ser feito por outros países. O Ministério dos Negócios Estrangeiros italiano aconselhou hoje "prudência" aos cidadãos italianos que visitem ou vivam no Reino Unido, na sequência dos motins que se registam em Londres desde sábado e já alastraram a outras cidades britânicas.

A representação diplomática italiana na capital britânica, sob a coordenação de uma unidade de crise organizada pelo ministério, criou um número de emergência, disponível 24 horas de forma contínua, para fornecer qualquer apoio aos cidadãos italianos.

De acordo com o último balanço da Scotland Yard, 525 pessoas foram interpeladas na capital britânica, onde as esquadras já não têm capacidade para o elevado número de detidos após três noites consecutivas de violência.

A polícia britânica está a considerar a possibilidade de utilização de balas de plástico contra participantes nos motins em Londres, o que a acontecer será a primeira vez num tumulto na Grã-Bretanha.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio