Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maria Amélia Ferreira e Leonor Teles são as novas Donas da "casta" Ferreirinha

A médica e investigadora Maria Amélia Ferreira, directora da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, e a cineasta Leonor Teles ganharam a 29.ª edição do Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira, galardão que distingue mulheres portuguesas com alma de “Ferreirinha”.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 04 de Julho de 2017 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A homenagem a um "percurso de vida consolidado merecedor de inequívoco reconhecimento público" e um "estímulo a uma carreira com relevância nacional em fase de desenvolvimento, neste caso concreto na área do audiovisual".

 

A médica e investigadora Maria Amélia Ferreira (na foto) e a cineasta Leonor Teles vão receber hoje, 4 de Julho, pelas 18 horas, nas Caves Ferreira, em Vila Nova de Gaia, o Prémio Dona Antónia Adelaide Ferreira.

 

Os promotores deste galardão, a Sogrape Vinhos e os herdeiros de Dona Antónia, decidiram atribuir o Prémio Consagração de Carreira a Maria Amélia Ferreira pela sua "longa e prestigiada carreira, onde a integração da actividade profissional numa área muito distintiva, como é a educação médica e a investigação biomédica, se completa com uma extensa actividade na área da responsabilidade social, desenvolvida de modo inovador na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e extensível à sociedade civil no âmbito da missão de inovação e economia social das Misericórdias Portuguesas, nomeadamente no exercício das funções de provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canavezes e de presidente do Secretariado Regional do Porto da União das Misericórdias Portuguesas".

 

Em suma, prossegue a Sogrape, em comunicado, "estamos perante uma carreira profissional que é um exemplo de dedicação plena ao serviço público, desenvolvida ao longo de quase quatro décadas nas principais vertentes de âmbito universitário: ensino e investigação", sendo que, sublinha-se ainda, "enquanto médica, Maria Amália Ferreira reconheceu a emergência do valor da responsabilidade social como eixo do desenvolvimento institucional".

 

Já Leonor Teles (na foto ao lado), a quem foi atribuído o Prémio Revelação, é "uma jovem e talentosa criadora que se distingue na área dos documentários e no ramo da fotografia para cinema e publicidade, merecendo especial destaque as conquistas alcançadas com a sua primeira curta-metragem, "Balada de um Batráquio", que ganhou, em 2016, o Urso de Ouro na Berlinade e o Firebird Award no Festival de Cinema de Hong Kong, só para citar as distinções mais relevantes", enfatizam os promotores do evento.

 

Como já se tornou tradição, além do prémio atribuído a Leonor Teles, será também entregue um donativo para um projecto que se identifique com a premiada. Assim, a Associação Portuguesa de Realizadores beneficiará de um donativo da marca por cada garrafa vendida em Portugal da gama Reserva Dona Antónia de Porto Ferreira, nos próximos meses de Agosto e Setembro próximos.

 

Criados em 1988, os Prémios Dona Antónia Adelaide Ferreira visa distinguir, anualmente, "figuras femininas portuguesas que, devido às suas características humanas e capacidades de empreendedorismo, tenham replicado de alguma forma o excepcional exemplo de Dona Antónia nos tempos de hoje, nomeadamente através do contributo para o desenvolvimento económico, social e cultural do País".

 

Em 29 anos, foram distinguidas, entre outras mulheres, Maria Barroso (que faleceu em 2015), Leonor Beleza, Vera Nobre da Costa, Isabel Jonet e Joana Carneiro.

 

Historicamente conhecida como a "Ferreirinha", Dona Antónia Adelaide Ferreira, que assumiu a liderança dos negócios familiares no cultivo da vinha e na produção de vinho do Porto, após ter ficado viúva aos 33 anos, é considerada "personalidade fundamental no desenvolvimento da Ferreira, a única das grandes casas de vinho do Porto que se manteve fiel em mãos portuguesas desde que foi fundada, em 1751, pelos Ferreiras da Régua".

Ver comentários
Saber mais Prémio Dona Antónia Ferreirinha Sogrape Caves Ferreira Maria Amélia Ferreira Leonor Teles
Mais lidas
Outras Notícias