Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Notários espanhóis detectam 111 operações com indícios de branqueamento de capitais

Os notários espanhóis remeteram para a polícia, entre Janeiro e Outubro, 111 relatos de operações – a maioria societárias – em que suspeitam de branqueamento de capitais, noticia o "El País".

Negócios negocios@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 10:00

Os notários espanhóis remeteram para a polícia, entre Janeiro e Outubro, 111 relatos de operações – a maioria societárias – em que suspeitam de branqueamento de capitais, noticia o "El País".

Isto porque, desde Janeiro, os notários em Espanha não são apenas meros espectadores das operações mercantis que promovem, sendo agora obrigados a facilitar toda a documentação ao recém criado OCP – Órgão Central de Prevenção, no caso de existirem suspeitas de delitos.

Desde a sua entrada em funcionamento, o OCP recebeu já 2.673 expedientes de operações suspeitas de quase três mil notários espanhóis, sendo que existem 111 casos de indícios claros de operações fraudulentas.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio