Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Prevenção da Corrupção retoma visitas pedagógicas às entidades públicas

O Conselho da Prevenção da Corrupção vai retomar o acompanhamento pedagógico das entidades públicas, no combate à corrupção. Decisão teve em conta a especial conjuntura económica do país.

José Tavares é presidente do Tribunal de Contas desde outubro de 2020.
Bruno Colaço
Margarida Peixoto margaridapeixoto@negocios.pt 07 de Janeiro de 2021 às 12:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O Conselho de Prevenção da Corrupção, uma instituição que funciona junto do Tribunal de Contas, vai retomar as visitas pedagógicas às entidades públicas, com o objetivo de limitar novos riscos de corrupção e fraude, por causa da situação económica que o país e o mundo atravessam. A decisão foi revelada esta quinta-feira, numa nota enviada à imprensa, na sequência do primeiro encontro do ano.

"Atento ao ambiente de potenciais novos riscos de corrupção e de fraude por influência da situação conjuntural que o País e o Mundo atravessam, o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), considerou, na sua primeira reunião deste ano, retomar as atividades de acompanhamento dos Planos de Prevenção de Riscos de Gestão – Visitas Pedagógicas a entidades públicas", lê-se na nota.

Num primeiro momento, o acompanhamento e as visitas vão ser virtuais (online), mas a ideia é que "num futuro breve" voltem a ser também presenciais, operando num formato misto, explica o Conselho. As visitas existem desde 2010, mas estavam interrompidas desde fevereiro do ano passado.
 
"Estas visitas visam estimular o reforço de um clima de confiança nas organizações num momento em que a reativação da atividade económica está na ordem do dia", indica a nota. "Os Planos de Prevenção de Riscos permitem minimizar e evitar os riscos das organizações no respeito pela integridade pública e pela ética institucional", adianta ainda.

Na primeira reunião do Conselho foi também apresentada uma síntese dos projetos anti-corrupção na área da educação. Segundo o Conselho, "há  cerca de 6.000 alunos nas escolas nacionais a trabalhar o tema da Prevenção da corrupção em cerca de 250 escolas."
Ver comentários
Saber mais Conselho de Prevenção da Corrupção Tribunal de Contas Corrupção
Outras Notícias