Emprego Taxa de desemprego deve ter subido ligeiramente no arranque de 2019

Taxa de desemprego deve ter subido ligeiramente no arranque de 2019

A taxa de desemprego deve ter subido ligeiramente face ao mês anterior, para os 6,7%, estima o INE. No último mês de 2018 a taxa de desemprego foi de 6,6%.
Taxa de desemprego deve ter subido ligeiramente no arranque de 2019
Susana Paula 28 de fevereiro de 2019 às 11:39
A taxa de desemprego deve ter sido de 6,7% em janeiro, mais 0,1 pontos percentuais do que no mês anterior, divulgou nesta quinta-feira 28 de fevereiro o Instituto Nacional de Estatística (INE). 

Nos dados divulgados nesta quinta-feira, o Instituto Nacional de Estatística reviu ligeiramente em baixa (em 0,1 pontos percentuais) a taxa de desemprego de dezembro. O ano 2018 fechou com a taxa de desemprego nos 6,6%, um valor que está praticamente estável desde setembro (à exceção de novembro). 

Já em termos homólogos, ou seja, comparando com o mesmo mês de 2017, a taxa de desemprego caiu 1,3 pontos percentuais.

 

Em dezembro passado, 344,3 mil pessoas estavam desempregadas, menos 1,5 mil (0,4%) do que no mês anterior. A queda é mais expressiva em termos homólogos: a população desempregada diminuiu 15,9% (64,9 mil) relativamente a dezembro do ano anterior.

Taxa de desemprego deve subir ligeiramente em 2019

No arranque do ano, e segundo a estimativa provisória do INE, a taxa de desemprego deve voltar a subir ligeiramente, para os 6,7%. A subida de 0,1 pontos é referente também ao mês de outubro. Em termos homólogos, houve uma diminuição de 1,1 pontos percentuais em comparação com janeiro do ano passado.

Em janeiro de 2019, eram cerca de 347,9 mil as pessoas desempregadas, mais 1% (ou 3,6 mil) do que em dezembro e 1,4% (ou 4,8 mil pessoas) relativamente a três meses antes (outubro de 2018), tendo diminuído 14% (56,7 mil) em comparação com o mês homólogo.



Marketing Automation certified by E-GOI