Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barnier: UE e Reino Unido intensificam conversações "nas próximas semanas"

A União Europeia (UE) e o Reino Unido comprometeram-se a intensificar as negociações relativas ao futuro comercial "nas próximas semanas e meses", visando um acordo, disse hoje o negociador-chefe comunitário, dias antes de um balanço das discussões.

Lusa 12 de Junho de 2020 às 14:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Numa declaração publicada na rede social Twitter após uma reunião do comité misto, o negociador-chefe da UE para a futura parceria comercial com o Reino Unido, Michel Barnier, indica que, "para dar todas as oportunidades às negociações", as duas partes "concordaram em intensificar as conversações nas próximas semanas e meses".

"A UE sempre esteve aberta a uma prorrogação do período de transição", ressalva o responsável, notando porém que, na reunião de hoje, o Reino Unido reiterou não querer prorrogar o período de transição.

"Temos agora de fazer progressos de substância", exortou Michel Barnier, na mensagem publicada depois de o Governo britânico ter confirmado, oficialmente, que o Reino Unido não vai pedir uma extensão do período de transição pós-Brexit.

Na semana passada decorreu uma nova ronda de negociações para o futuro comercial de Bruxelas e Londres, após o 'Brexit', que era decisiva para avançar nos trabalhos.

Porém, no final dessa semana, na passada sexta-feira, Michel Barnier relatou que não foram alcançados "progressos significativos", acusando Londres de "se distanciar" das bases negociais, sendo que entre os assuntos com mais divergências estão o acesso equilibrado a ambos os mercados, a governança da futura parceria, a proteção dos direitos fundamentais e o setor das pescas.

Por seu lado, o negociador britânico, David Frost, afirmou que os progressos nas negociações com a UE "continuam limitados" e pediu que as conversações fossem "aceleradas" para permitir um acordo até ao final do ano.

Esta foi a quarta ronda de negociações relativa à futura parceria comercial após a saída do Reino Unido da UE, em final de janeiro passado, e foi realizada à distância e por meios tecnológicos, dada a pandemia de covid-19, entre as equipas dos lados comunitário e britânico, respetivamente lideradas por Michel Barnier e por David Frost.

Espera-se que as próximas rondas negociais sejam realizadas de forma presencial, de forma a facilitar as discussões.

Para a próxima segunda-feira está prevista uma reunião de alto nível para fazer um balanço dos trabalhos, que contará com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, e o presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

O Reino Unido abandonou oficialmente a UE em 31 de janeiro passado, mas permanece dentro do seu espaço económico e regulatório até ao final do ano, durante o chamado período de transição.

O acordo de saída entre o Reino Unido e a UE permite que o prazo seja prorrogado por dois anos, mas o Governo britânico não quer o prolongamento para além de 31 de dezembro.
Ver comentários
Saber mais Michel Barnier Reino Unido da UE David Frost
Mais lidas
Outras Notícias